Artigo Anais II CONIDIH / Edição 2017

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8756

Visualizações: 248
OS NÚMEROS DA VIOLÊNCIA CONTRA MULHERES DE CAMPINA GRANDE E O DEBATE DAS POLÍTICAS DE ENFRENTAMENTO

Palavra-chaves: VIOLÊNCIA, SUBNOTIFICAÇÃO, ENFRENTAMENTO, IGUALDADE Pôster (PO) GT02: Grupos Vulnerabilizados e as Violações Contra os Direitos Humanos: o Desafio do Diálogo Democrático Para a (Re)construção da Cidadania Publicado em 24 de maio de 2017

Resumo

O alto índice de violência contra as mulheres, tem se tornado uma questão muito preocupante aos atores sociais que buscam promover políticas de enfretamento a essas práticas, visando assim a uma igualdade entre os gêneros. Dado essa situação, esta pesquisa tem por objetivo demonstrar os números da violência contra mulheres, registradas no município de Campina Grande no ano de 2015, buscando levantar o debate das causas dessas práticas, e quais alternativas para resolução do problema. Para realização deste estudo, foram realizadas coleta de dados em órgãos competentes sobre os números de violência registrados por bairro no município, demonstrando quais os que possuem os maiores índices e aqueles que apresentam baixos índices, através desses números observou-se uma significante discrepância de registros entre os bairros, levando a uma indagação desta pesquisa sobre “quais as principais causas desta diferença entre os resultados apurados?”. Portanto, este trabalho além de trazer elementos quantitativos traz consigo características qualitativas sobre o problema em questão, sendo caracterizado como uma pesquisa quali-quantitativa, sendo de suma importância para sociedade acadêmica e civil.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.