Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

UM OLHAR PARA A FORMAçãO DOCENTE EM DIáLOGO COM OS PROBLEMAS SOCIOECONôMICOS DOS DISCENTES

Palavra-chaves: EDUCAçãO, SITUAçãO SOCIOECONôMICA, FAMíLIA Comunicação Oral (CO) GT01-FORMAÇÃO DOCENTE E CONTEMPORANEIDADE Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

As reduzidas condições socioeconômicas que afetam grande parte da população brasileira, são, ao mesmo tempo, causa e consequência dos problemas do desenvolvimento educativo do indivíduo. Essa falta de recursos da família a impede de proporcionar ao filho, parente ou ente a aquisição do material escolar necessário a sua aprendizagem. Considera-se, então, a classe desfavorecida, na sua maioria, desprovida de uma abrangência de conhecimento, em razão deste fato. Essa realidade (a falta de condição financeira familiar) acarreta ao ingresso do filho no mercado de trabalho precocemente, afastando-o da escola. Porém, a prática educacional sistemática exige que o aluno tenha, além da frequência à escola, docentes preparados para lidar com a realidade socioeconômica do aluno e possa conduzi-lo da melhor forma possível, no envolvimento com o processo educacional. Assim, a presente pesquisa tem como objetivo principal refletir sobre a formação docente no que se refere à preparação do profissional da educação frente aos desafios enfrentados diariamente ao lidar com alunos que, por fazerem parte de camadas socioeconomicamente menos favorecidas, apresentam dificuldades de aprendizagem na escola. Esta pesquisa estará em constante diálogo com as teorias atuais sobre leitura, escrita e práticas educacionais. A metodologia constitui-se numa pesquisa bibliográfica que sirva como referências para os demais estudiosos no assunto, dessa forma, teremos, como suporte, as abordagens teóricas atuais de diversos autores. Sabe-se que a práxis pedagógica em diálogo com as diversas teorias, que tratem do tema educacional em suas diversas facetas, se faz necessário aos educadores que almejam conduzir seus alunos para uma formação discente integral. Nesse sentido, essa pesquisa tem como referência os autores: Zilberman (1994); Freire (2011); Castells (2001); Nóvoa (2009) e Sant’Anna (1986); que contribuíram para que, com esse trabalho teórico, pudéssemos compreender como o aluno deve ser envolvido no processo educativo de leitura de mundo e da realidade socioeconômica e como esse processo transforma o próprio ato educativo.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.