Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

REFLEXÕES LINGUÍSTICAS SOBRE AS NOVAS TECNOLOGIAS E SUAS IMPLICAÇÕES PARA O ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA

Palavra-chaves: ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA, NOVAS TECNOLOGIAS, HIPERTEXTO Comunicação Oral (CO) GT10-HIPERTEXTO E MULTIMODALIDADE: NOVAS PRÁTICAS DE LEITURA E ESCRITA Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

Resumo: A introdução das novas tecnologias no ambiente escolar pode contribuir na inovação da pratica do professor em seu trabalho diário em sala de aula e no plano didático, como o uso de recursos tecnológicos traz novos desafios à escola e principalmente ao professor, que sobrevive na era digital em uma sociedade competitiva e exigente condicionada pelo digital e pela necessidade de atualização rápida e constante. O presente artigo tem como objetivo refletir sobre as novas tecnologias no ambiente escolar e suas contribuições para o ensino de língua portuguesa, como surgimento dessas tecnologias apareceram novos gêneros textuais e uma linguagem distinta com características próprias diferentes da língua escrita formal, fazendo-se necessário a discussão sobre a utilização das novas tecnologias na educação escolar e compreender seus desafios para a pratica docente do professor por meio da análise de produções bibliográficas sobre a pratica docente em meio aos recursos tecnológicos. Além disso propõem-se aqui uma reflexão sobre a posição da escola frente ás novas tecnologias apresentando possibilidades de a escola utilizar as novas tecnologias em favor de uma aprendizagem de língua portuguesa efetiva e mais significativa, utilizando ferramentas digitais como o hipertexto que por sua natureza não linear e não sequencial afeta não apenas a maneira como se lê e escreve mas também possibilitando múltiplas entradas e múltiplas formas de prosseguir no processo de compreensão do texto, voltando-se para o uso real e para o propósito comunicativo de seus falantes e tornando de fato o ensino-aprendizagem de língua materna mais significativo para os sujeitos envolvidos nesse processo.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.