Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

POESIA E SALA DE AULA: RELATO DE EXPERIÊNCIA COM A POESIA DE ADÉLIA PRADO E CORA CORALINA COM ALUNOS DO ENSINO MÉDIO

Palavra-chaves: LITERATURA, POESIA, VELHICE, FORMAÇÃO DE LEITORES Comunicação Oral (CO) GT18-LITERATURA NA ESCOLA: ENSINO E PESQUISA
"2017-04-27 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 27593
    "edicao_id" => 57
    "trabalho_id" => 262
    "inscrito_id" => 62
    "titulo" => "POESIA E SALA DE AULA: RELATO DE EXPERIÊNCIA COM A POESIA DE ADÉLIA PRADO E CORA CORALINA COM ALUNOS DO ENSINO MÉDIO"
    "resumo" => "Este trabalho tem como propósito relatar a experiência de leitura literária com alunos do ensino médio, a partir da oficina “A representação da velhice na literatura de autoria feminina: um recorte autobiográfico em poemas de Adélia Prado e Cora Coralina”, realizada na VII Feira Literária de Boqueirão, na cidade de Boqueirão - PB. Haja vista a experiência vivenciada na oficina supracitada, pretende-se propor uma reflexão acerca da leitura literária na escola, bem como, e mais especificamente, do estudo da poesia em sala de aula, uma vez que estas encontram-se postergadas no âmbito escolar. Além dessas reflexões crítico interpretativas é também objetivo deste trabalho apresentar e analisar sucintamente os poemas Dolores, da escritora mineira Adélia Prado e Ressalva, da poeta goiana Cora Coralina, analisados durante a oficina, a partir das discussões acerca da imagem feminina e da mulher idosa. A voz poética de ambos os textos apresenta a velhice como o momento oportuno para viver e experimentar aquilo que não fora possível na juventude. Na lírica adeliana é possível encontrar uma angústia em decorrência da velhice e da perda da juvenilidade, já a poesia de Cora celebra as conquistas que o entardecer da vida proporcionou, contudo os dois poemas são permeados pelo anseio da recriação e do recomeço. Corroboram com este trabalho os estudos teóricos de Ecléa Bosi (1994), no que diz respeito à função do velho na sociedade; Del Priore (2011) e Machado (2010), em relação à representação feminina na literatura; Abreu (2006), Cosson (2006), Zilberman (1992), sobre o ensino de literatura e Alves (2014), (2015) Neto (2008), quanto à poesia na sala de aula."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT18-LITERATURA NA ESCOLA: ENSINO E PESQUISA"
    "palavra_chave" => "LITERATURA, POESIA, VELHICE, FORMAÇÃO DE LEITORES"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV066_MD1_SA18_ID62_14032017203041.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:13"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:56:12"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JAILMA DA COSTA FERREIRA"
    "autor_nome_curto" => "JAILMA FERREIRA"
    "autor_email" => "jailma.jdf@gmail.com"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-sinalge"
    "edicao_nome" => "Anais IV SINALGE"
    "edicao_evento" => "IV Simpósio Nacional de Linguagens e Gêneros Textuais"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/sinalge/2017"
    "edicao_logo" => "5e4d8586dda3e_19022020155918.png"
    "edicao_capa" => "5f1880a141ece_22072020150833.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-04-27 00:00:00"
    "publicacao_id" => 35
    "publicacao_nome" => "Anais SINALGE"
    "publicacao_codigo" => "2527-0028"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 27593
    "edicao_id" => 57
    "trabalho_id" => 262
    "inscrito_id" => 62
    "titulo" => "POESIA E SALA DE AULA: RELATO DE EXPERIÊNCIA COM A POESIA DE ADÉLIA PRADO E CORA CORALINA COM ALUNOS DO ENSINO MÉDIO"
    "resumo" => "Este trabalho tem como propósito relatar a experiência de leitura literária com alunos do ensino médio, a partir da oficina “A representação da velhice na literatura de autoria feminina: um recorte autobiográfico em poemas de Adélia Prado e Cora Coralina”, realizada na VII Feira Literária de Boqueirão, na cidade de Boqueirão - PB. Haja vista a experiência vivenciada na oficina supracitada, pretende-se propor uma reflexão acerca da leitura literária na escola, bem como, e mais especificamente, do estudo da poesia em sala de aula, uma vez que estas encontram-se postergadas no âmbito escolar. Além dessas reflexões crítico interpretativas é também objetivo deste trabalho apresentar e analisar sucintamente os poemas Dolores, da escritora mineira Adélia Prado e Ressalva, da poeta goiana Cora Coralina, analisados durante a oficina, a partir das discussões acerca da imagem feminina e da mulher idosa. A voz poética de ambos os textos apresenta a velhice como o momento oportuno para viver e experimentar aquilo que não fora possível na juventude. Na lírica adeliana é possível encontrar uma angústia em decorrência da velhice e da perda da juvenilidade, já a poesia de Cora celebra as conquistas que o entardecer da vida proporcionou, contudo os dois poemas são permeados pelo anseio da recriação e do recomeço. Corroboram com este trabalho os estudos teóricos de Ecléa Bosi (1994), no que diz respeito à função do velho na sociedade; Del Priore (2011) e Machado (2010), em relação à representação feminina na literatura; Abreu (2006), Cosson (2006), Zilberman (1992), sobre o ensino de literatura e Alves (2014), (2015) Neto (2008), quanto à poesia na sala de aula."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT18-LITERATURA NA ESCOLA: ENSINO E PESQUISA"
    "palavra_chave" => "LITERATURA, POESIA, VELHICE, FORMAÇÃO DE LEITORES"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV066_MD1_SA18_ID62_14032017203041.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:13"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:56:12"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JAILMA DA COSTA FERREIRA"
    "autor_nome_curto" => "JAILMA FERREIRA"
    "autor_email" => "jailma.jdf@gmail.com"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-sinalge"
    "edicao_nome" => "Anais IV SINALGE"
    "edicao_evento" => "IV Simpósio Nacional de Linguagens e Gêneros Textuais"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/sinalge/2017"
    "edicao_logo" => "5e4d8586dda3e_19022020155918.png"
    "edicao_capa" => "5f1880a141ece_22072020150833.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-04-27 00:00:00"
    "publicacao_id" => 35
    "publicacao_nome" => "Anais SINALGE"
    "publicacao_codigo" => "2527-0028"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

Este trabalho tem como propósito relatar a experiência de leitura literária com alunos do ensino médio, a partir da oficina “A representação da velhice na literatura de autoria feminina: um recorte autobiográfico em poemas de Adélia Prado e Cora Coralina”, realizada na VII Feira Literária de Boqueirão, na cidade de Boqueirão - PB. Haja vista a experiência vivenciada na oficina supracitada, pretende-se propor uma reflexão acerca da leitura literária na escola, bem como, e mais especificamente, do estudo da poesia em sala de aula, uma vez que estas encontram-se postergadas no âmbito escolar. Além dessas reflexões crítico interpretativas é também objetivo deste trabalho apresentar e analisar sucintamente os poemas Dolores, da escritora mineira Adélia Prado e Ressalva, da poeta goiana Cora Coralina, analisados durante a oficina, a partir das discussões acerca da imagem feminina e da mulher idosa. A voz poética de ambos os textos apresenta a velhice como o momento oportuno para viver e experimentar aquilo que não fora possível na juventude. Na lírica adeliana é possível encontrar uma angústia em decorrência da velhice e da perda da juvenilidade, já a poesia de Cora celebra as conquistas que o entardecer da vida proporcionou, contudo os dois poemas são permeados pelo anseio da recriação e do recomeço. Corroboram com este trabalho os estudos teóricos de Ecléa Bosi (1994), no que diz respeito à função do velho na sociedade; Del Priore (2011) e Machado (2010), em relação à representação feminina na literatura; Abreu (2006), Cosson (2006), Zilberman (1992), sobre o ensino de literatura e Alves (2014), (2015) Neto (2008), quanto à poesia na sala de aula.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.