Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

Visualizações: 237
O DIZER DO ALUNO COMO UM CAMINHO QUE DIRECIONA O ENSINO-APRENDIZAGEM DA PRODUCAO DE TEXTO ESCRITO

Palavra-chaves: AFRICANIDADE, PRODUÇÃO TEXTUAL, POSIÇÃO-SUJEITO Comunicação Oral (CO) GT07-ABORDAGENS DO DISCURSO E ENSINO Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

RESUMO O presente artigo tem por objetivo discutir a importância do discurso escrito do aluno, para o direcionamento do ensino-aprendizagem da produção textual. Tem como direcionador da análise, a seguinte questão-problema: De que modo a posição discursiva do sujeito revela na produção textual subsídios para a orientação do ensino-aprendizagem da escrita de texto? Trata-se de uma pesquisa – ação de natureza qualitativa. A coleta de dados para o estudo foi realizada durante o desenvolvimento do projeto “Africanidade como possibilidade no ensino de Língua Portuguesa”, refletindo sobre preconceitos e a construção de relações de tolerância. Tem como corpus a produção escrita de alunos do 7º ano do Ensino Fundamental II e como objeto de pesquisa o discurso dos alunos sobre a temática “africanidade”. Fundamenta-se em pressupostos teóricos, da Análise do Discurso (francesa), entre outros, Orlandi (1996), (2007), Fernandes (2005) e na perspectiva de Geraldi (1997). Resultados revelam como os alunos assumiram o seu papel de sujeito nas primeiras produções textuais, o que direcionou as discussões que evidenciam como foram produzindo novos sentidos à medida que o tema foi sendo trabalhado em sala de aula, principalmente, como utilizaram-se de gestos de interpretação diante de acontecimentos sócio-históricos, revelando como expressam a visão que têm da sua exterioridade, contribuindo para o desenvolvimento da produção de texto como espaço de interlocução. Palavras-chave: Análise do discurso. Africanidade. Produção Textual. Posição-sujeito

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.