Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

Visualizações: 237
A REPRESENTAÇÃO DO SUJEITO COMO MEDIADOR ENTRE DEUS E O HOMEM

Palavra-chaves: DISCURSO RELIGIOSO, REPRESENTAçãO, MARCAS Comunicação Oral (CO) GT06-AS PRÁTICAS DISCURSIVAS DO COTIDIANO: ENTRE O PODER E A RESISTÊNCIA Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

Resumo: Ao longo dos tempos, os homens veem nas religiões uma forma de expressar suas relações com Deus. Para isso, faz-se necessário aumentar o número de adeptos com fim de identificar o contato com o divino, o que se dar através da divulgação dessa crença por diversos meios. O discurso religioso se configura como um dos meios de expandir essa crença. O indivíduo pela sua ideologia se interpela em sujeito como dono daquilo que diz, é dessa posição que ele convoca outros indivíduos para abraçar a fé. Com base nesse pressuposto levanta-se a seguinte problemática: De que forma o discurso religioso se apresenta como uma prática discursiva - social marcado por interposições, obrigações e intimidações? É a luz da análise do discurso que guiamos a análise do objeto de estudo: O discurso religioso. Neste trabalho visamos discutir e analisar a representação do sujeito com mediador entre Deus e o homem. Para fundamentar nosso estudo, tomaremos como embasamento teórico as contribuições Orlandi (1987), Pêcheur (1988), Castro (1987) e Dantas (2007). O corpus é constituído por folhetos distribuído pela Igreja Universal do reino de Deus, nascida no Brasil em 1977 e hoje presente em mais de 80 países. Como procedimento metodológico abordam-se inicialmente as características do discurso religioso. Em seguida serão discutidas algumas questões referentes ao sujeito, como: evidências do sujeito, interdiscurso, língua, tipologia discursiva. Tivemos como resultado, a constatação de que o discurso religioso proferido pelos membros da Igreja Universal do reino de Deus se constitui essencialmente como discurso das ameaças, promessas e mediações.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.