Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

Visualizações: 228
A PSICOMOTRICIDADE COMO PRÁTICA EDUCATIVA PARA O MULTILETRAMENTO : UMA PROPOSTA PARA EDUCAÇÃO POPULAR DO CAMPO.

Palavra-chaves: PSICOMOTRICIDADE, MULTILETRAMENTO, EDUCAÇÃO POPULAR, PRÁTICA PEDAGÓGICA. Comunicação Oral (CO) GT12-MULTILETRAMENTOS NAS CULTURAS POPULARES Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

TEMA : A PSICOMOTRICIDADE COMO PRÁTICA EDUCATIVA PARA O MULTILETRAMENTO : Uma Proposta para Educação Popular do Campo. Autor (1) : Luis Carlos Paulino da Silva prof.carlinhopaulino@gmail.com Co-autora (1) Maria Goret Barbosa. Co-autora (2) Marleide Quintino Barbosa de Andrade. marleidequintino@gmail.com RESUMO. O presente artigo faz uma abordagem a respeito da Psicomotricidade como uma condição para se construir o multiletramento através de atividades realizadas pela prática docente usando principalmente como instrumento a música para por o corpo em movimento em uma turma do sétimo ano do Ensino Fundamental da Escola Estadual de E. F. M. Arnaldo Maroja, situada no assentamento do Grande Alagamar no município de Salgado de São Félix-PB. Considerando-se a realidade da Educação Brasileira não ser tão plausível, principalmente no aspecto da Educação Popular do Campo, podendo-se abordar a estrutura básica do processo do ensino e da aprendizagem ou seja, dos problemas de acesso, dos obstáculos e as dificuldades para se desenvolver aprendizagem e atingirmos um bom resultado na perspectiva para o desenvolvimento das habilidades da leitura e da escrita. Tendo-se como norte nas práticas o desejo para se ultrapassar os limites do desenvolvimento das habilidades individuais do “ aluno e da aluna “, movidos por um objetivo determinante de acordo com as práticas sociais e culturais ligadas em seu contexto e realidade de vida. Para isso, é papel da escola através de seus agentes , trabalhar buscando atingir letramentos múltiplos, através de diversas linguagens , inclusive tendo como apoio pedagógico a prática da Psicomotricidade através do recurso da musicalidade como um dos gêneros discursivos e psicomotor como uma condição para se desenvolver a cognição intelectual através do uso do texto oral ( cantado ) e escrito, pois, “ O movimento permite à criança explorar o mundo exterior através de experiências concretas sobre as quais são construídas as noções básicas para o desenvolvimento intelectual, ( Fátima Alves,2008, p 17).”. Neste caso, usamos a música do “ Hino de alagamar “, por se tratar de um poema de cordel que tem como ritmo musical o da “ciranda “, dança cultural que exige dos participantes o desenvolvimento motor do esquema corporal, assim como : tonicidade, equilibração, ritmo, orientação espaço-temporal, lateralidade, etc., como prática preventiva e educativa. Mediante exposição é óbvio a referência e as possibilidades de avanço e qualidade na educação para os sujeitos do campo através da inovação cientifica, fundamentada em alguns teóricos a respeito do desenvolvimento dos elementos básicos psicomotores na descoberta do corpo e buscando relacioná-los a uma condição para o multiletramento, salientando que o Letramento é o conjunto de práticas sociais ligadas à leitura e à escrita em que os indivíduos se envolvem em seu contexto social ( Soares, 1998,p72). ou seja, trata-se da aplicação de atividades com linguagens diversas, desde a verbal ( oral e escrita ), além da corporal com movimentos na construção e perspectiva de aprendizagem através da intervenção como prática pedagógica que fora usada e com resultados satisfatórios de acordo com as avaliações , as desigualdades e as diferenças individuais dos alunos e alunas. Palavras Chaves : Psicomotricidade - Multiletramento - Educação Popular - Prática Pedagógica.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.