Artigo Anais III CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

DEPRESSÃO E TENTATIVA DE SUICÍDIO EM IDOSOS NO BRASIL: QUAIS SÃO OS FATORES DE RISCO?

Palavra-chaves: IDOSO, SUICÍDIO, DEPRESSÃO Pôster (PO) Aspectos Cognitivos Comportamentais e Sócio-Culturais do Envelhecimento
"2013-06-15 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 2710
    "edicao_id" => 10
    "trabalho_id" => 434
    "inscrito_id" => 1524
    "titulo" => "DEPRESSÃO E TENTATIVA DE SUICÍDIO EM IDOSOS NO BRASIL: QUAIS SÃO OS FATORES DE RISCO?"
    "resumo" => "Introdução: A depressão é vista como um transtorno mental muito comum entre idosos, afetando sua qualidade de vida, aumentando os gastos por seu custo direto ou indiretamente, podendo levar a tendências suicidas. A justificativa de se estudar as taxas de suicídio nessa fase é que a população acima de 60 anos é atualmente a que mais cresce no Brasil e que apresenta maior risco de desenvolvimento da depressão. Objetivo: Identificar os fatores associados com o desencadeamento da depressão e a tentativa de suicídio em idosos no Brasil. Metodologia: Trata-se de uma revisão sistemática da literatura na modalidade qualitativa. Os bancos de dados utilizados foram o lilacs (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde) e o Scielo (Scientific Electronic Library Online). A avaliação crítica permitiu determinar quais estudos seriam utilizados a partir de três descritores: “depressão”, “suicídio” e “idosos”, sendo considerados apenas os de idioma português. No período 1993 a 2012, foram localizados 103 artigos. De posse dos 103 estudos identificados, procedeu-se à leitura dos títulos e resumos para que houvesse a garantia de que se tratava de artigos objeto deste estudo. Foram excluídos 63 artigos por não enquadrarem com a temática, fugindo do escopo proposto, como artigos que apresentavam informações repetidas ou disponíveis em outros artigos e em outros idiomas. Restaram, assim, 40 para serem analisados, sendo considerados de boa qualidade, consistência e fidedignidade. A coleta dos dados ocorreu entre os meses de fevereiro e abril de 2013. Resultados e discussão: Com base na revisão sistemática dos artigos coletados, identificaram-se os transtornos de humor como sendo relevantes fatores de risco para o suicídio em idosos, especialmente a depressão. Além de à associação entre o ser viúvo, abuso de drogas lícitas, institucionalização, doenças crônicas degenerativas e problemas visuais. Um consenso indicado entre os estudiosos se refere a intrínseca relação entre a ideação, tentativa e efetivação do ato suicida, no qual ideação se refere a "pensamentos de morrer". Entre as tentativas, os dados se referem ao ato de se machucar. Todos os artigos que tratam da questão ressaltam que as mulheres idosas idealizam e os homens idosos efetivam o suicídio. CONCLUSÃO: A falta de serviços de saúde mental no país atenda aos idosos contribui para o aumento da incidência de óbitos. O entendimento do suicídio é complexo por incluir problemas biopsicossociais, onde a depressão é o mais relevante fator associado, na quase totalidade das pesquisas. As manifestações do desejo de matar devem ser tratadas imediatamente para que se evite a consumação do ato."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Aspectos Cognitivos Comportamentais e Sócio-Culturais do Envelhecimento"
    "palavra_chave" => "IDOSO, SUICÍDIO, DEPRESSÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Poster_idinscrito_1524_528d6922d2f8dd9a605ada839726d853.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:48"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:04"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JESSYCA MAYARA NUNES"
    "autor_nome_curto" => "JESSYCA MAYARA"
    "autor_email" => "jsk_enf@live.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais III CIEH"
    "edicao_evento" => "III Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2013"
    "edicao_logo" => "5e49e22597c9e_16022020214525.png"
    "edicao_capa" => "5f182b75a1cfe_22072020090509.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 2710
    "edicao_id" => 10
    "trabalho_id" => 434
    "inscrito_id" => 1524
    "titulo" => "DEPRESSÃO E TENTATIVA DE SUICÍDIO EM IDOSOS NO BRASIL: QUAIS SÃO OS FATORES DE RISCO?"
    "resumo" => "Introdução: A depressão é vista como um transtorno mental muito comum entre idosos, afetando sua qualidade de vida, aumentando os gastos por seu custo direto ou indiretamente, podendo levar a tendências suicidas. A justificativa de se estudar as taxas de suicídio nessa fase é que a população acima de 60 anos é atualmente a que mais cresce no Brasil e que apresenta maior risco de desenvolvimento da depressão. Objetivo: Identificar os fatores associados com o desencadeamento da depressão e a tentativa de suicídio em idosos no Brasil. Metodologia: Trata-se de uma revisão sistemática da literatura na modalidade qualitativa. Os bancos de dados utilizados foram o lilacs (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde) e o Scielo (Scientific Electronic Library Online). A avaliação crítica permitiu determinar quais estudos seriam utilizados a partir de três descritores: “depressão”, “suicídio” e “idosos”, sendo considerados apenas os de idioma português. No período 1993 a 2012, foram localizados 103 artigos. De posse dos 103 estudos identificados, procedeu-se à leitura dos títulos e resumos para que houvesse a garantia de que se tratava de artigos objeto deste estudo. Foram excluídos 63 artigos por não enquadrarem com a temática, fugindo do escopo proposto, como artigos que apresentavam informações repetidas ou disponíveis em outros artigos e em outros idiomas. Restaram, assim, 40 para serem analisados, sendo considerados de boa qualidade, consistência e fidedignidade. A coleta dos dados ocorreu entre os meses de fevereiro e abril de 2013. Resultados e discussão: Com base na revisão sistemática dos artigos coletados, identificaram-se os transtornos de humor como sendo relevantes fatores de risco para o suicídio em idosos, especialmente a depressão. Além de à associação entre o ser viúvo, abuso de drogas lícitas, institucionalização, doenças crônicas degenerativas e problemas visuais. Um consenso indicado entre os estudiosos se refere a intrínseca relação entre a ideação, tentativa e efetivação do ato suicida, no qual ideação se refere a "pensamentos de morrer". Entre as tentativas, os dados se referem ao ato de se machucar. Todos os artigos que tratam da questão ressaltam que as mulheres idosas idealizam e os homens idosos efetivam o suicídio. CONCLUSÃO: A falta de serviços de saúde mental no país atenda aos idosos contribui para o aumento da incidência de óbitos. O entendimento do suicídio é complexo por incluir problemas biopsicossociais, onde a depressão é o mais relevante fator associado, na quase totalidade das pesquisas. As manifestações do desejo de matar devem ser tratadas imediatamente para que se evite a consumação do ato."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Aspectos Cognitivos Comportamentais e Sócio-Culturais do Envelhecimento"
    "palavra_chave" => "IDOSO, SUICÍDIO, DEPRESSÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Poster_idinscrito_1524_528d6922d2f8dd9a605ada839726d853.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:48"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:04"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JESSYCA MAYARA NUNES"
    "autor_nome_curto" => "JESSYCA MAYARA"
    "autor_email" => "jsk_enf@live.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iii-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais III CIEH"
    "edicao_evento" => "III Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2013"
    "edicao_logo" => "5e49e22597c9e_16022020214525.png"
    "edicao_capa" => "5f182b75a1cfe_22072020090509.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-06-15 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 15 de junho de 2013

Resumo

Introdução: A depressão é vista como um transtorno mental muito comum entre idosos, afetando sua qualidade de vida, aumentando os gastos por seu custo direto ou indiretamente, podendo levar a tendências suicidas. A justificativa de se estudar as taxas de suicídio nessa fase é que a população acima de 60 anos é atualmente a que mais cresce no Brasil e que apresenta maior risco de desenvolvimento da depressão. Objetivo: Identificar os fatores associados com o desencadeamento da depressão e a tentativa de suicídio em idosos no Brasil. Metodologia: Trata-se de uma revisão sistemática da literatura na modalidade qualitativa. Os bancos de dados utilizados foram o lilacs (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde) e o Scielo (Scientific Electronic Library Online). A avaliação crítica permitiu determinar quais estudos seriam utilizados a partir de três descritores: “depressão”, “suicídio” e “idosos”, sendo considerados apenas os de idioma português. No período 1993 a 2012, foram localizados 103 artigos. De posse dos 103 estudos identificados, procedeu-se à leitura dos títulos e resumos para que houvesse a garantia de que se tratava de artigos objeto deste estudo. Foram excluídos 63 artigos por não enquadrarem com a temática, fugindo do escopo proposto, como artigos que apresentavam informações repetidas ou disponíveis em outros artigos e em outros idiomas. Restaram, assim, 40 para serem analisados, sendo considerados de boa qualidade, consistência e fidedignidade. A coleta dos dados ocorreu entre os meses de fevereiro e abril de 2013. Resultados e discussão: Com base na revisão sistemática dos artigos coletados, identificaram-se os transtornos de humor como sendo relevantes fatores de risco para o suicídio em idosos, especialmente a depressão. Além de à associação entre o ser viúvo, abuso de drogas lícitas, institucionalização, doenças crônicas degenerativas e problemas visuais. Um consenso indicado entre os estudiosos se refere a intrínseca relação entre a ideação, tentativa e efetivação do ato suicida, no qual ideação se refere a "pensamentos de morrer". Entre as tentativas, os dados se referem ao ato de se machucar. Todos os artigos que tratam da questão ressaltam que as mulheres idosas idealizam e os homens idosos efetivam o suicídio. CONCLUSÃO: A falta de serviços de saúde mental no país atenda aos idosos contribui para o aumento da incidência de óbitos. O entendimento do suicídio é complexo por incluir problemas biopsicossociais, onde a depressão é o mais relevante fator associado, na quase totalidade das pesquisas. As manifestações do desejo de matar devem ser tratadas imediatamente para que se evite a consumação do ato.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.