Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

Visualizações: 218
FATORES QUE INTERFEREM NA QUALIDADE DE VIDA DO HOMEM IDOSO

Palavra-chaves: QUALIDADE DE VIDA, SAÚDE DO HOMEM, PESSOA IDOSA Tema Livre (TL) / Oral Papers Submission AT 7: ENVELHECIMENTO ATIVO E QUALIDADE DE VIDA Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

Introdução: No Brasil, identifica-se um processo rápido de envelhecimento e aumento da longevidade evidenciado nas últimas décadas do Século XX. Observa-se que as questões de gênero são invisíveis na elaboração de resultados voltados para temática de envelhecimento, e aos fatores que envolvem o gênero e sob a qualidade de vida do homem que envelhece, têm sido pouco evidenciadas. O conceito de qualidade de vida nesse estudo é envolve a subjetividade e a multidimensionalidade. E ainda, envolve a percepção do individuo, sobre expectativas, padrões e preocupações. Diante disso emerge a seguinte questão de pesquisa: Quais os fatores que podem interferir na qualidade de vida de homens idosos? Objetivo: sintetizar o conhecimento produzido na literatura sobre os fatores que interferem na qualidade de vida de homens idosos. Método: Trata-se de uma revisão integrativa, realizada no mês de maio de 2015. Dezesseis artigos foram extraídos e selecionados das bases de dados SCOPUS, Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature, National Library of Medicine and National Institutes of Health e Literatura Latino-americana e do Caribe em Ciências da Saúde. Resultados e discussão: Este estudo identificou alguns fatores positivos e negativos que interferem na qualidade de vida do homem idoso, os principias fatores positivos encontrados foram à sexualidade, bem-estar e álcool em níveis baixos. Percebeu-se que o fator sexualidade foi considerado positivo em parte dos estudos levantados, como importante para a qualidade de vida do homem idoso, bem como, o fator bem-estar, que aparece relacionado às atividades físicas e influenciam diretamente a autonomia e valorização do autocuidado dos homens em geral, por melhorar a sua autoestima. A ingestão de bebida alcóolica, em níveis baixos, foi identificado como um fator positivo para a qualidade de vida nesses estudos, entretanto ressalta-se a necessidade de outras investigações complementares que possam fortalecer essa discussão. Dentre os fatores negativos, evidenciou-se através dos estudos pesquisados que o tabagismo está relacionado diretamente aos cânceres de próstata e bexiga em homens idosos, causando a mortalidade. Com ligação direta a limitação funcional, destaca-se a presença das doenças cardiovasculares, diabetes e síndrome metabólica, como sendo fatores que determinam a limitação funcional e prejudicam a qualidade de vida do homem idoso e, concernente as questões psicossociais, surge à depressão como principal doença associada. Por sua vez, a viuvez também contribui de forma negativa ao favorecer o surgimento de problemas psicológicos e emocionais, ao restringir um processo de envelhecimento saudável. Conclusão: Os principias fatores positivos encontrados foram à sexualidade satisfatória, bem-estar e álcool em níveis baixos. Os fatores negativos evidenciados foram o tabagismo, a limitação funcional, as questões psicossociais e a viuvez.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.