Artigo Anais III CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

Visualizações: 226
A ATUANÇÃO DO ENFERMEIRO NA ASSISTÊNCIA AO IDOSO NA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE – REVISÃO INTEGRATIVA

Palavra-chaves: UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE, ENFERMEIRO, IDOSO Pôster (PO) Atenção integral à saúde: promoção, prevenção, tratamento e reabilitação do idoso Publicado em 15 de junho de 2013

Resumo

INTRODUÇÃO: A Estratégia de Saúde da Família (ESF), instituída pelo Ministério da Saúde, foi planejada para reorientar a atenção à saúde da população, fomentando a qualidade de vida com enfoque na família como unidade de ação programática de saúde. Um dos principais objetivos da ESF é a intensificação das relações de integração da comunidade com a unidade básica de saúde de modo a realizar atividades de intervenção ativa na comunidade, e não somente esperar a população chegar aos serviços de saúde para intervir. Dessa forma, faz-se necessário a qualificação dos profissionais de saúde, pois estes são responsáveis pelo cuidado prestado e pela estimulação da atenção integral à saúde de todos os membros familiares, sejam eles crianças, adolescentes, adultos ou idosos. A atenção á saúde ao grupo de pessoas idosas tem um espaço privilegiado na ESF, pois, em decorrência da proximidade do serviço com a comunidade e da atenção domiciliária, há uma atuação do enfermeiro de forma contextualizada, integral e individualizada na realidade vivenciada pelo idoso, no seu seio familiar. OBJETIVO: O presente trabalho apresenta como objetivo relatar a importância do trabalho do enfermeiro atuação do Enfermeiro na atenção ao idoso na ESF. METODOLOGIA: Trata-se de um estudo reflexivo, realizado no mês de abril de 2013, por meio de leituras advindas de pesquisa bibliográfica através da Biblioteca Científica em Linha (Scientific Eletronic Library Online – Scielo), utilizando os descritores: idoso, estratégia da saúde da família, atenção básica, e enfermagem, sem limite de ano, incluindo na amostra 07 artigos. RESULTADOS: De acordo com os resultados obtidos por meio da pesquisa, pode-se observar que a ESF tem a função de favorecer a organização comunitária e a autonomia das famílias, pois o modelo assistencial proposto favorece que se estabeleça vínculos através da promoção da saúde, baseando-se no encorajamento e apoio para que os grupos sociais assumam maior controle sobre sua saúde. A consulta de enfermagem no idoso é voltada para o estabelecimento de vínculos entre idoso e o serviço de saúde por meio dos contatos através da educação em saúde e do acompanhamento da situação de saúde, com as abordagens biológicas, dos determinantes sociais, econômicos e principalmente familiares. A assistência à saúde do idoso, portanto, visa ajudar e capacitar o cliente e a família, de forma que ela possa atender às necessidades de seus membros, especialmente em relação ao processo saúde-doença, mobilizando recursos, promovendo apoio mútuo e crescimento conjunto. CONCLUSÃO: O processo saúde-doença ocorre de forma diferente em cada indivíduo que dependem de capacidades particulares de recuperação do corpo. Assim, a atenção ao idoso deve estar pautada nas peculiaridades desta etapa da vida, sem que as ideias pré-concebidas, dos profissionais de saúde, imprimam no cuidado a fragilidade e a incapacidade do idoso. Contudo, acredita-se que com a realização de atividade educativa e visita domiciliária pelos enfermeiros, é possível constituir um espaço de ampliação do conhecimento do idoso sobre a sua situação de saúde e estratégias para o enfrentamento de desafios.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.