Artigo Anais III CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

AÇÕES EDUCATIVAS NA PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA EM UM GRUPO DE IDOSOS NO MUNICÍPIO DE CUITÉ-PB: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Palavra-chaves: PROMOÇÃO., SAÚDE., IDOSOS. Relato de Experiência(RE) Qualidade de vida, envelhecimento ativo e bem sucedido Publicado em 15 de junho de 2013

Resumo

INTRODUÇÃO: Com o elevado número da população idosa em todo mundo nas ultimas décadas, surgem então às necessidades de estratégias de aprimoramento para uma qualidade de vida, na qual isso vem sendo discutidas através do desenvolvimento de políticas que contribuam para o envelhecimento saudável. Estima-se que em 2025, possivelmente o Brasil ocupará o sexto lugar no ranking dos países de maior população de idosos no mundo. Frente á essa necessidade, o Projeto de Extensão “Encontro de gerações na promoção do envelhecimento saudável” vem aprimorar ações no grupo de idosos de Cuité no âmbito da atenção primária, através da atuação dos estudantes de graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). OBJETIVO: Relatar as experiências dos discentes de enfermagem nas ações educativas com idosos desenvolvidas no Projeto de Extensão “Encontro de Gerações na Promoção do Envelhecimento Saudável” realizado numa Unidade de Saúde da Família. METODOLOGIA: As atividades realizadas se pautaram primeiramente na pedagogia de um plano de ação concretizado através de reuniões realizadas pelos extencionista na qual buscavam sempre a troca de conhecimentos e a valorização da cultura local e o saber popular. As atividades do projeto foram executadas semanalmente no período de abril de 2012 a março 2013, os estudantes trouxeram abordagens bastante diversificadas para se trabalhar a qualidade de vida por meio de dinâmicas ativas de grupos, jogos, músicas, imagens e o lúdico. RESULTADOS: As ações desenvolvidas foram direcionadas a 40 idosos, da Estratégia Saúde da Família Ezequias Venâncio do município de Cuité/PB. Nesses encontros foram realizadas ações educativas, como: “Acolhimento nos serviços de Saúde” que possibilitou contato direto e estabelecimento de vínculos com os idosos frente sua necessidade. No encontro seguinte, trabalhamos a cognição através da oficina “Exercitando a Memória”. Nas ações seguintes foram desenvolvidos temas respectivos: “A Alimentação saudável: um compromisso com a saúde”, Sorriso Grisalho: promovendo a saúde bucal e “Viva bem com o seu corpo: pratique atividade física” buscou orientá-los quanto à importância da nutrição saudável, saúde oral e física, “Uso descontrolado de medicamentos: uma percepção dos idosos” e “A desmistificação do Uso de chazinho” essas ultimas reforçam quanto ao uso correto do medicamento como também a importância do uso correto chá na vida cotidiana dos idosos. E ao final das ações fazíamos nossas avaliação através de um questionário para analisamos o feedback das ações. CONCLUSÃO: Os resultados obtidos permitiram constatar a importância das atividades de extensão como elemento agregador na formação dos acadêmicos de enfermagem, constituindo-se num caminho teórico e metodológico na perspectiva de romper com a prática fragmentada do cuidado à saúde. Além disso, vislumbrou-se, resultados positivos para o público alvo, mediante a possibilidade de aquisição de novos conhecimentos por meio da troca de experiências e diálogo durante as atividades desenvolvidas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.