Artigo Anais SEMLICA

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-9333

Visualizações: 160
IMPLANTAÇÃO DE CANTEIROS ECONÔMICOS NA COMUNIDADE SACOS DOS CAMPOS MUNICÍPIO DE SOLÂNEA-PB.

Resumo

Para a prática da oficina foram feitos dois Canteiros Econômicos na residência do senhor Lucenildo, morador da Comunidade Saco dos Campos, município de SOLÂNEA-PB. Essa é uma tecnologia social simples, de baixo custo e adaptada para regiões semi-áridas pela pouca utilização de água durante todo o tempo de produção das hortaliças. Os canteiros econômicos foram feitos de tijolos com extensão de 6m por 1,20m de largura e 0,25 a 0,30m de profundidade, revestidos por dentro com uma lona plástica. Um cano de PVC em forma de “U” com furos são responsáveis pela distribuição da água na terra já preparada com o composto orgânico que funciona como adubo. O diferencial desse canteiro é que a água não se perde por infiltração, mas por evaporação. A família vai gastar menos água para produzir num canteiro desses que no convencional, pois com a água fica acumulada no fundo simulando um micro-lençol freático. Assim o aproveitamento da água é muito maior. A família vai ter menos trabalho para regar e usando menos água. Para o agricultor Lucenildo, foi de grande importância construção do canteiro econômico, pois “com a chegada da cisterna, além de água de qualidade para a produção, ainda terão um canteiro disponível para outros cultivos, um espaço no quintal, possibilitando a participação ativa das mulheres e das crianças”.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.