Artigo Anais SEMLICA

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-9333

AVALIAÇÃO DO EFEITO DA DOSAGEM DE BIOFERTILIZANTE BOVINO SOBRE AS CARACTERÍSTICAS FÍSICO-QUÍMICAS DA ABÓBORA (CUCURBITA MOSCHATA CV. XINGÓ JACAREZINHO “CASCA GROSSA”)

"2013-07-13 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 1969
    "edicao_id" => 9
    "trabalho_id" => 28
    "inscrito_id" => 247
    "titulo" => "AVALIAÇÃO DO EFEITO DA DOSAGEM DE BIOFERTILIZANTE BOVINO SOBRE AS CARACTERÍSTICAS FÍSICO-QUÍMICAS DA ABÓBORA (CUCURBITA MOSCHATA CV. XINGÓ JACAREZINHO “CASCA GROSSA”)"
    "resumo" => "RESUMOO objetivo do trabalho foi avaliar o efeito da dosagem de biofertilizante bovino sobre as características físico-químicas da abóbora Cucurbita moschata cv. Xingó Jacarezinho “casca grossa”, cultivadas no setor de Agroecologia do Departamento de Agrárias e Exatas, Centro de Ciências Humanas e Agrárias da Universidade Estadual da Paraíba, Campus IV. Utilizou-se um delineamento bloco casualisado com quatro tratamentos, referente  as doses de biofertilizante: D0= sem biofertilizante bovino; D1= 0,7 litros de biofertilizante/planta; D2= constituído de 1,4 litros/planta; D3= constituído de 2,1 litros/planta distribuídos em três repetições, totalizando 12 parcelas experimentais, sendo cada uma composta por 10 plantas, perfazendo 120 plantas. Após a colheita, as abóboras foram descascadas e trituradas em processador doméstico, embaladas em sacos plástico de polietileno, congeladas e posteriormente transportadas para o laboratório de análise físico-química do CVT/UFCG-Campus Pombal. As análises de laboratório foram feitas visando verificar qual a influência da dosagem do biofertilizante bovino sobre os parâmetros: pH, umidade, proteínas,  sólidos solúveis totais e acidez total titulável. De acordo com a análise de variância, pelo teste F, só houve efeito estatístico significativo para as variáveis pH e proteína dos tratamentos referentes às doses de biofertilizante bovino, ajustando melhor ao modelo quadrático. Diante do exposto, conclui-se que, com exceção da proteína, o biofertilizante bovino contribuiu positivamente para as características físico-químicas da abóbora."
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "Comunicacao_oral_idinscrito_247_3fea589075451eba470f1c27a10dff8c.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:47"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:10:41"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "GLICY LÊLY FIGUEIRÊDO  DE SOUSA"
    "autor_nome_curto" => "GLICY LÊLA"
    "autor_email" => "glicylely@gmail.com"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-semlica"
    "edicao_nome" => "Anais SEMLICA"
    "edicao_evento" => "Semana de Licenciatura em Ciências Agrárias"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/semlica/2013"
    "edicao_logo" => "5e49e0a095d3b_16022020213856.png"
    "edicao_capa" => "5e49e0a094f3e_16022020213856.png"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-07-13 00:00:00"
    "publicacao_id" => 9
    "publicacao_nome" => "Revista SEMLICA"
    "publicacao_codigo" => "2317-9333"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 1969
    "edicao_id" => 9
    "trabalho_id" => 28
    "inscrito_id" => 247
    "titulo" => "AVALIAÇÃO DO EFEITO DA DOSAGEM DE BIOFERTILIZANTE BOVINO SOBRE AS CARACTERÍSTICAS FÍSICO-QUÍMICAS DA ABÓBORA (CUCURBITA MOSCHATA CV. XINGÓ JACAREZINHO “CASCA GROSSA”)"
    "resumo" => "RESUMOO objetivo do trabalho foi avaliar o efeito da dosagem de biofertilizante bovino sobre as características físico-químicas da abóbora Cucurbita moschata cv. Xingó Jacarezinho “casca grossa”, cultivadas no setor de Agroecologia do Departamento de Agrárias e Exatas, Centro de Ciências Humanas e Agrárias da Universidade Estadual da Paraíba, Campus IV. Utilizou-se um delineamento bloco casualisado com quatro tratamentos, referente  as doses de biofertilizante: D0= sem biofertilizante bovino; D1= 0,7 litros de biofertilizante/planta; D2= constituído de 1,4 litros/planta; D3= constituído de 2,1 litros/planta distribuídos em três repetições, totalizando 12 parcelas experimentais, sendo cada uma composta por 10 plantas, perfazendo 120 plantas. Após a colheita, as abóboras foram descascadas e trituradas em processador doméstico, embaladas em sacos plástico de polietileno, congeladas e posteriormente transportadas para o laboratório de análise físico-química do CVT/UFCG-Campus Pombal. As análises de laboratório foram feitas visando verificar qual a influência da dosagem do biofertilizante bovino sobre os parâmetros: pH, umidade, proteínas,  sólidos solúveis totais e acidez total titulável. De acordo com a análise de variância, pelo teste F, só houve efeito estatístico significativo para as variáveis pH e proteína dos tratamentos referentes às doses de biofertilizante bovino, ajustando melhor ao modelo quadrático. Diante do exposto, conclui-se que, com exceção da proteína, o biofertilizante bovino contribuiu positivamente para as características físico-químicas da abóbora."
    "modalidade" => null
    "area_tematica" => null
    "palavra_chave" => null
    "idioma" => null
    "arquivo" => "Comunicacao_oral_idinscrito_247_3fea589075451eba470f1c27a10dff8c.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:47"
    "updated_at" => "2020-06-10 13:10:41"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "GLICY LÊLY FIGUEIRÊDO  DE SOUSA"
    "autor_nome_curto" => "GLICY LÊLA"
    "autor_email" => "glicylely@gmail.com"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-semlica"
    "edicao_nome" => "Anais SEMLICA"
    "edicao_evento" => "Semana de Licenciatura em Ciências Agrárias"
    "edicao_ano" => 2013
    "edicao_pasta" => "anais/semlica/2013"
    "edicao_logo" => "5e49e0a095d3b_16022020213856.png"
    "edicao_capa" => "5e49e0a094f3e_16022020213856.png"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2013-07-13 00:00:00"
    "publicacao_id" => 9
    "publicacao_nome" => "Revista SEMLICA"
    "publicacao_codigo" => "2317-9333"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 13 de julho de 2013

Resumo

RESUMOO objetivo do trabalho foi avaliar o efeito da dosagem de biofertilizante bovino sobre as características físico-químicas da abóbora Cucurbita moschata cv. Xingó Jacarezinho “casca grossa”, cultivadas no setor de Agroecologia do Departamento de Agrárias e Exatas, Centro de Ciências Humanas e Agrárias da Universidade Estadual da Paraíba, Campus IV. Utilizou-se um delineamento bloco casualisado com quatro tratamentos, referente as doses de biofertilizante: D0= sem biofertilizante bovino; D1= 0,7 litros de biofertilizante/planta; D2= constituído de 1,4 litros/planta; D3= constituído de 2,1 litros/planta distribuídos em três repetições, totalizando 12 parcelas experimentais, sendo cada uma composta por 10 plantas, perfazendo 120 plantas. Após a colheita, as abóboras foram descascadas e trituradas em processador doméstico, embaladas em sacos plástico de polietileno, congeladas e posteriormente transportadas para o laboratório de análise físico-química do CVT/UFCG-Campus Pombal. As análises de laboratório foram feitas visando verificar qual a influência da dosagem do biofertilizante bovino sobre os parâmetros: pH, umidade, proteínas, sólidos solúveis totais e acidez total titulável. De acordo com a análise de variância, pelo teste F, só houve efeito estatístico significativo para as variáveis pH e proteína dos tratamentos referentes às doses de biofertilizante bovino, ajustando melhor ao modelo quadrático. Diante do exposto, conclui-se que, com exceção da proteína, o biofertilizante bovino contribuiu positivamente para as características físico-químicas da abóbora.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.