Artigo Anais III CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 241
(IN)VISIBILIDADE DO POVO CIGANO NO CURRÍCULO ESCOLAR

Palavra-chaves: CURRÍCULO, POVO CIGANO, ESTUDOS PÓS-COLONIAIS Comunicação Oral (CO) Educação e Relações Étnico-Raciais

Resumo

O presente trabalho em desenvolvimento pretende mostrar a existência do povo cigano, há mais de duas décadas, na cidade Altinho-PE, cuja presença mostra-se desconhecida para a população local e para a Escola de Referência desse município. Servindo-nos da abordagem decolonial latino-americana (MIGNOLO, 2005, 2011; QUIJANO, 2005, 2007; WALSH, 2005, 2007; SANTOS, 2007; FREIRE, 1968), trazemos aspectos histórico-culturais e etnicorraciais que favorecem a compreensão dos mecanismos de invisibilização dessa etnia, bem como os processos de resistência cultural dos ciganos no interior de Pernambuco. Para tanto, utilizamos os aportes metodológicos da pesquisa participante e das entrevistas semi-estruturadas como estratégias de autonarrativas desses sujeitos sociais. Na coleta de dados adquiriram relevância as marcas da não existência desse povo nas circunscrições dos altinenses e, em especial, no currículo e cotidiano da escola de referência.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.