Artigo Anais I CONBRACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

INVESTIGAÇÃO DO EFEITO CITOTÓXICO DO EXTRATO DE SYZYGIUM CUMINI (L.) SKEEL EM CÉLULAS EUCARIÓTICAS HUMANAS

Palavra-chaves: SYZYGIUM, ERITRÓCITOS, CITOTOXICIDADE Pôster (PO) AT-02: ODONTOLOGIA Publicado em 15 de junho de 2016

Resumo

Investigar a atividade citotóxica do extrato bruto de folhas de Syzygium cumini (L.) Skeel (jambolão) em células eucarióticas humanas. Foi realizado um estudo laboratorial experimental in vitro. A espécie vegetal, folhas de Syzygium cumini (L.) Skeel, foram coletadas no mês agosto de 2015 na região do semiárido paraibano, zona rural do município de Campina Grande/PB. O exemplar de Syzygium cumini foi depositado na Coleção do Herbário Professor Lauro Pires Xavier do Departamento de Biologia Molecular da UFPB, João Pessoa/PB. Foi produzido extrato hidroalcoólico liofilizado das folhas de S. Cumini na proporção 200g planta moída para 1 litro de solução hidroalcoólica, na concentração de 70%. O método de extração utilizado para obtenção do extrato foi a maceração. Foi realizado ensaio de citotoxicidade do extrato em eritrócitos humanos obtidos do descarte de sangue do Laboratório de Análises Clínicas/UEPB. A hemólise foi quantificada através da leitura da absorbância por espectrofotometria, detectando-se também a respectiva intensidade da hemólise causada. Verificou-se que dentre as diferentes concentrações avaliadas do extrato liofilizado das folhas de S. cumini, o mesmo apresentou citotoxicidade equivalente a 7,21%, apenas na concentração de 500 g/ml, não demonstrando hemólise para as demais concentrações avaliadas. Frente aos resultados encontrados, pôde-se afirmar que o extrato pode ser considerado um produto de baixa toxicidade. É importante que, mais análises sejam realizadas em relação a citotoxicidade do extrato frente a outros modelos experimentais.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.