Artigo Anais XII CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

Visualizações: 208
A REPRESENTAÇÃO DO FEMININO NAS MÚSICAS DE MARÍLIA MENDONÇA

Palavra-chaves: MARÍLIA MENDONÇA, SERTANEJO UNIVERSITÁRIO, FEMININO, PSICANÁLISE Comunicação Oral (CO) Gênero, Sexualidades e Produção audiovisual Publicado em 08 de junho de 2016

Resumo

O presente trabalho visa problematizar como o gênero feminino é representado no sertanejo universitário, especificamente nas letras da cantora Marília Mendonça, que tem sido um fenômeno de audiência na atualidade. Visando compreender se os enredos das músicas trazem uma posição subjetiva de empoderamento e protagonismo, ou se naturalizam a posição da mulher como passiva diante dos relacionamentos amorosos e da vida. Para isso, adotou-se uma abordagem exploratória, a partir de duas composições da sertaneja – “Folgado” e “Sentimento Louco”, que tratam do feminino de modos diferentes e ambíguos. Tal análise indicou que, embora a mulher tenha conquistado espaços predominantemente masculinos, como o sertanejo, muito ainda é preciso desconstruir sobre a imagem da mulher fragilizada, que vive à espera do amante.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.