Artigo Anais XII CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

Visualizações: 214
VIOLÊNCIA SEXUAL INFANTIL E SUAS IMPLICAÇÕES NA ASSISTENCIA A SAÚDE: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Palavra-chaves: ENFERMAGEM, SAÚDE DA CRIANÇA, VIOLÊNCIA SEXUAL Pôster (PO) Gênero, Sexualidades e Educação Publicado em 08 de junho de 2016

Resumo

Esta pesquisa tem por objetivo buscar publicações científicas que abordem a problemática da violência sexual infantil vivenciados na sociedade atual, bem como a atuação dos profissionais de saúde, em especial os profissionais de enfermagem. Foi utilizado o método de análise de artigos científicos pesquisados em bases online de dados: BVS e SCIELO, filtrados por critérios de inclusão e exclusão, resultando em 04 artigos escolhidos conforme os critérios. Frente aos resultados, observa-se a predominância da violência sexual infantil no sexo feminino, de modo que os agressores são, na maioria dos casos, familiares e/ou pessoas do sexo masculino e que mantem uma proximidade com as vítimas. Existem vários fatores contribuintes, como a própria diferenciação de gênero, que impõe aos meninos dominação, e às meninas subalternação. Os profissionais de enfermagem, bem como os demais profissionais, devem se apropriar da temática, para que o processo de trabalho seja dimensionado às condições plurais das necessidades e demandas dos indivíduos, atentando para os casos suspeitos e notificação. É necessária uma abordagem integral, de modo a atingir pontos individuais e familiares, tendo em vista a busca pela gênese da violência.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.