Artigo Anais I CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 208
EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO ENSINO DE CIÊNCIAS: INTERVENÇÕES DO PIBID BIOLOGIA EM ESCOLAS PÚBLICAS DO MUNICÍPIO DE FLORIANO – PI

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO INCLUSIVA, APRENDIZAGEM, ENSINO DE CIÊNCIAS Pôster (PO) Licenciatura em Biologia

Resumo

O ensino de ciências no Brasil ainda enfrenta muitos desafios, principalmente no que diz respeito ao processo de ensino aprendizagem de alunos com necessidades educacionais especiais. Objetivou-se com este trabalho detectar as diferentes necessidades especiais, as mais comuns entre os alunos de escolas públicas atendidas pelo PIBID Biologia da UFPI, bem como o uso ou não de instrumentos pedagógicos necessários para melhoria na prática do ensino de ciências voltados a este público. Para apontar possíveis soluções a este problema, inicialmente foi realizado um levantamento de dados nas escolas atendidas pelo PIBID Biologia da UFPI na cidade de Floriano – PI, a saber: Unidade Escolar Bucar Neto, Lindolfo Uchôa, Calisto Lobo e Fauzer Bucar. O instrumento de coleta de dados (questionário), foi composto por 8 perguntas, algumas abertas, outras fechadas, destinadas aos gestores das escolas participantes. O levantamento revelou 7 (sete) alunos que necessitam de atendimento educacional especializado, englobando as quatro unidades de ensino, sendo que em nem uma há o devido atendimento, assim como a ausência de materiais didáticos que atendam às necessidades encontradas. Nota-se que, de fato, é extremamente importante pensar em estratégias, métodos e materiais adequados para que os alunos especiais, assim como alunos de ensino regular, tenham um aprendizado efetivo não só em ciências e biologia, mas em todas os componentes curriculares. Conclui-se que a educação inclusiva necessita de maiores investimentos, dessa forma, cabe aos gestores públicos investirem maiores recursos para que esta proposta preconizada pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação nacional, lei n° 9394/96, efetivamente garanta direitos a todos. Destaca-se a necessidade de profissionais qualificados e metodologias adequadas para atender às peculiaridades dos alunos com necessidades educacionais especiais.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.