Artigo Anais II CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

MODELAGEM MATEMÁTICA E A FORMAÇÃO DO PROFESSOR

Palavra-chaves: MODELAGEM MATEMÁTICA, FORMAÇÃO DO PROFESSOR, EQUAÇÕES DIFERENCIAIS Pôster (PO) / Poster Submission Formação de Professores Publicado em 14 de outubro de 2015

Resumo

Este trabalho tem como objetivo trazer uma pequena discussão sobre a formação do professor de Matemática e as grandes dificuldades e “rejeição” que muitos estudantes têm em relação a esta disciplina. Segundo estudiosos da área, apesar destas dificuldades virem se apresentando de longas datas, ainda é um dos grandes desafios para o professor de Matemática tornar esta matéria mais atraente para os estudantes, em especial nos últimos anos devido aos grandes avanços tecnológicos e a facilidade de acesso a estas tecnologias, muitas das atividades do nosso cotidiano passaram a realizadas com o uso máquinas e com isso muitos conceitos matemáticos tornaram-se implícitos, tendo em vista que programas de computação podem realizar, em frações de segundos, cálculos que manualmente um ser humano levaria horas para resolver. Daí, este fato aliado à prática de muitos professores que persistem em trabalhar a Matemática da forma “tradicional”, ou seja, apenas com o uso de algoritmos e formulas prontas; seja por falta de recursos, pela não valorização profissional ou porque não teve uma boa formação. A realidade é que as práticas pedagógicas são fortes contribuintes para o “interesse” ou “desinteresse” dos estudantes pela Matemática. Diante destas circunstâncias, confiamos que uma alternativa para melhoria do ensino e aprendizagem da Matemática é o professor procurar maneiras de usar as tecnologias como ferramentas que estimulem e facilitem a compreensão dos estudantes. Por outro lado, estudos revelam que a contextualização na aplicação dos conteúdos, isto é, trabalhar a Matemática aplicada ao cotidiano dos alunos, pode ser um fator relevante para a aprendizagem. Neste sentido, acreditamos que a Modelagem Matemática é uma metodologia interessante a ser aplicada em sala de aula, e que pode ser usada tanto no ensino médio quanto no ensino fundamental, visto que o papel fundamental da Educação Matemática na formação do estudante é contribuir para que este se torne um cidadão autônomo, crítico e que saiba usar a Matemática em situações práticas do dia a dia. Para dar força a nossa proposta de trazer esta pequena discussão sobre a importância da Modelagem Matemática na formação e na atuação do professor, apresentaremos e modelaremos um problema no qual abordaremos conteúdos do ensino superior ( da formação do professor) como Equações Diferenciais e também assuntos do ensino básico, como funções exponenciais e logarítmicas. Nosso intuito é bordar a aplicação dos conceitos matemáticos dos dois níveis (superior e básico) na descrição de sistemas reais. Pois é de extrema importância que o professor durante a sua formação tenha a oportunidade de estudar de forma aprofundada diversas metodologias de ensino, para que este tenha segurança e saiba como utilizá-las da melhor forma possível no processo de aprendizagem do aluno, em especial a Modelagem Matemática que constitui um conjunto de ferramentas que possibilita interdisciplinaridade, a contextualização e a resolução de problemas do cotidiano.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.