Artigo Anais II CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

INDIVIDUALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO DAS MULHERES NO BRASIL. ENTRE A HISTÓRIA E NOSSOS DILEMAS SOCIAIS

Palavra-chaves: INDIVIDUALIZAÇÃO FEMININA, MODERNIZAÇÃO BRASILEIRA, EDUCAÇÃO DAS MULHERES Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission História da Educação
"2015-10-14 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 16173
    "edicao_id" => 38
    "trabalho_id" => 369
    "inscrito_id" => 4642
    "titulo" => "INDIVIDUALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO DAS  MULHERES NO BRASIL.  ENTRE A HISTÓRIA E NOSSOS DILEMAS SOCIAIS"
    "resumo" => "O objetivo deste trabalho é discutir os processos de individualização das mulheres no Brasil sob o ponto de vista de algumas das principais referências teóricas das Ciências Sociais e da Educação, que trazem consigo objetos de análises que têm como base a sociedade brasileira e suas especificidades sócio culturais. Aqui as questões da individualização das mulheres são pensadas como desdobramento da modernização do país, dos avanços no campo educacional e dos reflexos destes avanços, sobre as transformações nas condições de vida feminina, e em sua atuação nos espaços domésticos e públicos. Partimos de uma pesquisa bibliográfica sobre a discussão indivíduo/sociedade na teoria clássica e contemporânea da sociologia, especialmente da Escola Sociológica Francesa e da Sociologia alemã,  e procuramos perceber suas repercussões nas discussões sobre o paradigma individualista no Brasil e na perspectiva das mulheres. A rota de compreensão da individualização nesse trabalho foi norteada não somente pelo ponto de vista sociológico e antropológico, mas,  também pelas contribuições da história da Educação. As abordagens aqui analisadas apontaram para um conjunto de mudanças estruturais localizadas nas diversas esferas da vida social, nos valores e nas práticas dos indivíduos em geral e das mulheres. A pesquisa mostrou ainda que as mulheres brasileiras são experts em rupturas, estas as empurraram em direção à individualização, e a educação tem sido um de seus principais propulsores. Mas há que se destacar que estas mesmas mulheres são também especialistas em guardar traços apreendidos no passado, na tradição, refazendo-os no cotidiano presente de suas vidas."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "História da Educação"
    "palavra_chave" => "INDIVIDUALIZAÇÃO FEMININA, MODERNIZAÇÃO BRASILEIRA, EDUCAÇÃO DAS MULHERES"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV045_MD1_SA1_ID4642_06082015192823.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:01"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:15:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CRISTIANE LEAL RODRIGUES SOARES"
    "autor_nome_curto" => "CRISTIANE SOARES"
    "autor_email" => "cristiane.30@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIPE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais II CONEDU"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2015"
    "edicao_logo" => "5e4a05cfac134_17022020001735.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1848ba64e27_22072020111002.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-10-14 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 16173
    "edicao_id" => 38
    "trabalho_id" => 369
    "inscrito_id" => 4642
    "titulo" => "INDIVIDUALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO DAS  MULHERES NO BRASIL.  ENTRE A HISTÓRIA E NOSSOS DILEMAS SOCIAIS"
    "resumo" => "O objetivo deste trabalho é discutir os processos de individualização das mulheres no Brasil sob o ponto de vista de algumas das principais referências teóricas das Ciências Sociais e da Educação, que trazem consigo objetos de análises que têm como base a sociedade brasileira e suas especificidades sócio culturais. Aqui as questões da individualização das mulheres são pensadas como desdobramento da modernização do país, dos avanços no campo educacional e dos reflexos destes avanços, sobre as transformações nas condições de vida feminina, e em sua atuação nos espaços domésticos e públicos. Partimos de uma pesquisa bibliográfica sobre a discussão indivíduo/sociedade na teoria clássica e contemporânea da sociologia, especialmente da Escola Sociológica Francesa e da Sociologia alemã,  e procuramos perceber suas repercussões nas discussões sobre o paradigma individualista no Brasil e na perspectiva das mulheres. A rota de compreensão da individualização nesse trabalho foi norteada não somente pelo ponto de vista sociológico e antropológico, mas,  também pelas contribuições da história da Educação. As abordagens aqui analisadas apontaram para um conjunto de mudanças estruturais localizadas nas diversas esferas da vida social, nos valores e nas práticas dos indivíduos em geral e das mulheres. A pesquisa mostrou ainda que as mulheres brasileiras são experts em rupturas, estas as empurraram em direção à individualização, e a educação tem sido um de seus principais propulsores. Mas há que se destacar que estas mesmas mulheres são também especialistas em guardar traços apreendidos no passado, na tradição, refazendo-os no cotidiano presente de suas vidas."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "História da Educação"
    "palavra_chave" => "INDIVIDUALIZAÇÃO FEMININA, MODERNIZAÇÃO BRASILEIRA, EDUCAÇÃO DAS MULHERES"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV045_MD1_SA1_ID4642_06082015192823.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:01"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:15:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CRISTIANE LEAL RODRIGUES SOARES"
    "autor_nome_curto" => "CRISTIANE SOARES"
    "autor_email" => "cristiane.30@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIPE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais II CONEDU"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2015"
    "edicao_logo" => "5e4a05cfac134_17022020001735.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1848ba64e27_22072020111002.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-10-14 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 14 de outubro de 2015

Resumo

O objetivo deste trabalho é discutir os processos de individualização das mulheres no Brasil sob o ponto de vista de algumas das principais referências teóricas das Ciências Sociais e da Educação, que trazem consigo objetos de análises que têm como base a sociedade brasileira e suas especificidades sócio culturais. Aqui as questões da individualização das mulheres são pensadas como desdobramento da modernização do país, dos avanços no campo educacional e dos reflexos destes avanços, sobre as transformações nas condições de vida feminina, e em sua atuação nos espaços domésticos e públicos. Partimos de uma pesquisa bibliográfica sobre a discussão indivíduo/sociedade na teoria clássica e contemporânea da sociologia, especialmente da Escola Sociológica Francesa e da Sociologia alemã, e procuramos perceber suas repercussões nas discussões sobre o paradigma individualista no Brasil e na perspectiva das mulheres. A rota de compreensão da individualização nesse trabalho foi norteada não somente pelo ponto de vista sociológico e antropológico, mas, também pelas contribuições da história da Educação. As abordagens aqui analisadas apontaram para um conjunto de mudanças estruturais localizadas nas diversas esferas da vida social, nos valores e nas práticas dos indivíduos em geral e das mulheres. A pesquisa mostrou ainda que as mulheres brasileiras são experts em rupturas, estas as empurraram em direção à individualização, e a educação tem sido um de seus principais propulsores. Mas há que se destacar que estas mesmas mulheres são também especialistas em guardar traços apreendidos no passado, na tradição, refazendo-os no cotidiano presente de suas vidas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.