Artigo Anais IV CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

A IMPORTÂNCIA DO LAZER E DA ATIVIDADE FÍSICA NA CONSTRUÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DA PESSOA IDOSA: UMA EXPERIÊNCIA COM GRUPOTERAPIAS

Palavra-chaves: PESSOA IDOSA, GRUPOTERAPIA, QUALIDADE DE VIDA Pôster (PO) Atividade física, estilo de vida e longevidade
"2015-09-24 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 11947
    "edicao_id" => 36
    "trabalho_id" => 898
    "inscrito_id" => 3377
    "titulo" => "A IMPORTÂNCIA DO LAZER E DA ATIVIDADE FÍSICA NA CONSTRUÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DA PESSOA IDOSA: UMA EXPERIÊNCIA COM GRUPOTERAPIAS"
    "resumo" => "O crescimento da população idosa em todo o mundo tem se dado de maneira acelerada e expressiva, diversos estudos apontam que já, em 2020, o Brasil será o sexto país do mundo em número de idosos, ultrapassando a margem de 30 milhões de pessoas com mais de 60 anos de idade (VERAS, 2007). Esses índices poderiam ser considerados um avanço, no entanto, esse fato chama a atenção para a necessidade de se rediscutir e reformular a atenção destinada a pessoas idosas no país. Não há preparo para lidar com essa realidade, e as novas necessidades e impactos dessas estatísticas. Impactos esses sentidos tanto relacionados às questões de saúde, quanto sociais e previdenciárias, e, ainda quanto aos fatores intrínsecos a esse contexto, principalmente no que se refere à realidade das políticas públicas frente à desigualdade social e a fragilidade familiar, e ao envelhecer de maneira ativa e com qualidade de vida.  Desta forma, o trabalho em evidencia busca abordar a importância da prática de atividades físicas bem como do lazer, na construção da qualidade de vida de pessoas idosas que frequentam grupos. Para tanto, uma pesquisa qualitativa exploratória foi realizada em um Centro de Convivência da Zona Norte de Natal, Rio Grande do Norte, no intuito de conhecer os impactos que as reuniões tem provocado na vida dos idosos frequentadores, bem como levantar uma discussão acerca da necessidade do enfrentamento e construção  de políticas públicas que implementem o envelhecimento ativo atrelado ao envelhecimento saudável. Espera-se com isso, demonstrar a eficácia das grupoterapias visando discutir ações da atividade física e do lazer que trabalhem o lado cognitivo, social e físico atrelados, como escape para a prevenção e o tratamento de patologias associadas à velhice."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Atividade física, estilo de vida e longevidade"
    "palavra_chave" => "PESSOA IDOSA, GRUPOTERAPIA, QUALIDADE DE VIDA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV040_MD4_SA7_ID3377_27082015205028.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:59"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:43:14"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CHARLE VICTOR MARTINS TERTULIANO"
    "autor_nome_curto" => "CHARLE VICTOR"
    "autor_email" => "charle_2008@hotmail.com"
    "autor_ies" => ""
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais IV CIEH"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2015"
    "edicao_logo" => "5e49e629f3441_16022020220233.png"
    "edicao_capa" => "5f182cb905404_22072020091033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-09-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 11947
    "edicao_id" => 36
    "trabalho_id" => 898
    "inscrito_id" => 3377
    "titulo" => "A IMPORTÂNCIA DO LAZER E DA ATIVIDADE FÍSICA NA CONSTRUÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DA PESSOA IDOSA: UMA EXPERIÊNCIA COM GRUPOTERAPIAS"
    "resumo" => "O crescimento da população idosa em todo o mundo tem se dado de maneira acelerada e expressiva, diversos estudos apontam que já, em 2020, o Brasil será o sexto país do mundo em número de idosos, ultrapassando a margem de 30 milhões de pessoas com mais de 60 anos de idade (VERAS, 2007). Esses índices poderiam ser considerados um avanço, no entanto, esse fato chama a atenção para a necessidade de se rediscutir e reformular a atenção destinada a pessoas idosas no país. Não há preparo para lidar com essa realidade, e as novas necessidades e impactos dessas estatísticas. Impactos esses sentidos tanto relacionados às questões de saúde, quanto sociais e previdenciárias, e, ainda quanto aos fatores intrínsecos a esse contexto, principalmente no que se refere à realidade das políticas públicas frente à desigualdade social e a fragilidade familiar, e ao envelhecer de maneira ativa e com qualidade de vida.  Desta forma, o trabalho em evidencia busca abordar a importância da prática de atividades físicas bem como do lazer, na construção da qualidade de vida de pessoas idosas que frequentam grupos. Para tanto, uma pesquisa qualitativa exploratória foi realizada em um Centro de Convivência da Zona Norte de Natal, Rio Grande do Norte, no intuito de conhecer os impactos que as reuniões tem provocado na vida dos idosos frequentadores, bem como levantar uma discussão acerca da necessidade do enfrentamento e construção  de políticas públicas que implementem o envelhecimento ativo atrelado ao envelhecimento saudável. Espera-se com isso, demonstrar a eficácia das grupoterapias visando discutir ações da atividade física e do lazer que trabalhem o lado cognitivo, social e físico atrelados, como escape para a prevenção e o tratamento de patologias associadas à velhice."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Atividade física, estilo de vida e longevidade"
    "palavra_chave" => "PESSOA IDOSA, GRUPOTERAPIA, QUALIDADE DE VIDA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV040_MD4_SA7_ID3377_27082015205028.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:59"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:43:14"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CHARLE VICTOR MARTINS TERTULIANO"
    "autor_nome_curto" => "CHARLE VICTOR"
    "autor_email" => "charle_2008@hotmail.com"
    "autor_ies" => ""
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais IV CIEH"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2015"
    "edicao_logo" => "5e49e629f3441_16022020220233.png"
    "edicao_capa" => "5f182cb905404_22072020091033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-09-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 24 de setembro de 2015

Resumo

O crescimento da população idosa em todo o mundo tem se dado de maneira acelerada e expressiva, diversos estudos apontam que já, em 2020, o Brasil será o sexto país do mundo em número de idosos, ultrapassando a margem de 30 milhões de pessoas com mais de 60 anos de idade (VERAS, 2007). Esses índices poderiam ser considerados um avanço, no entanto, esse fato chama a atenção para a necessidade de se rediscutir e reformular a atenção destinada a pessoas idosas no país. Não há preparo para lidar com essa realidade, e as novas necessidades e impactos dessas estatísticas. Impactos esses sentidos tanto relacionados às questões de saúde, quanto sociais e previdenciárias, e, ainda quanto aos fatores intrínsecos a esse contexto, principalmente no que se refere à realidade das políticas públicas frente à desigualdade social e a fragilidade familiar, e ao envelhecer de maneira ativa e com qualidade de vida. Desta forma, o trabalho em evidencia busca abordar a importância da prática de atividades físicas bem como do lazer, na construção da qualidade de vida de pessoas idosas que frequentam grupos. Para tanto, uma pesquisa qualitativa exploratória foi realizada em um Centro de Convivência da Zona Norte de Natal, Rio Grande do Norte, no intuito de conhecer os impactos que as reuniões tem provocado na vida dos idosos frequentadores, bem como levantar uma discussão acerca da necessidade do enfrentamento e construção de políticas públicas que implementem o envelhecimento ativo atrelado ao envelhecimento saudável. Espera-se com isso, demonstrar a eficácia das grupoterapias visando discutir ações da atividade física e do lazer que trabalhem o lado cognitivo, social e físico atrelados, como escape para a prevenção e o tratamento de patologias associadas à velhice.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.