Artigo Anais V ENID & III ENFOPROF / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 248
MATEMÁTICA FINANCEIRA NO ENSINO MÉDIO: POSSIBILIDADES E DESAFIOS

Palavra-chaves: MATEMÁTICA FINANCEIRA, ENSINO DE MATEMÁTICA, COTIDIANO, CONTA DE ENERGIA Comunicação Oral (CO) Docência em Matemática: desafios, contextos e possibilidades Publicado em 21 de agosto de 2015

Resumo

Este trabalho relata uma experiência vivenciada juntamente com os alunos bolsistas do Programa Institucional com Bolsa de Iniciação a Docência da Universidade Estadual da Paraíba (PIBID/UEPB) e alunos do 2º ano do Ensino Médio na Escola Estadual de Ensino Médio Inovador e Profissionalizante Dr. Hortênsio de Sousa Ribeiro – PREMEN, na cidade de Campina Grande – PB, em 2015. O projeto “Matemática Financeira no Ensino Médio: Possibilidades e Desafios” visa trabalhar o estudo da matemática financeira diante das dificuldades de entender os conceitos e aplicações que envolvem os conteúdos abordados como: porcentagem, razão, proporção, juros simples e composto, de forma que os alunos possam descobrir como utilizar os conceitos de matemática financeira em situações do cotidiano, identificando possíveis estratégias para resolver situações-problema e, considerando a crise econômica pela qual o nosso país está passando, foi trabalhado como tema principal, o cálculo feito para chegar ao valor final da conta de energia, explicar como e por que as novas taxas (bandeiras verde, amarela e vermelha) são cobradas na conta e para onde vão os impostos que pagamos na conta de energia, além de ensinar como calcular o valor aproximado da próxima conta, tornando mais significativa e presente a matemática no dia a dia. Os resultados indicaram que os alunos tinham dificuldades em Matemática Financeira, não sabendo relacioná-la com situações do seu cotidiano, porém, houve uma aprendizagem motivadora, capaz de proporcionar uma nova visão da matemática, possibilitando o uso de estratégias com temas que despertaram o interesse no aluno e novas possibilidades.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.