Artigo Anais V ENID & III ENFOPROF / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 262
EL GRAN TEATRO DEL MUNDO: UMA ABORDADEM DE CALDERÓN DE LA BARCA NO ENSINO/APRENDIZAGEM DE E.L.E

Palavra-chaves: TEATRO, ENSINO/APRENDIZAGEM/E.L.E, CALDERÓN Comunicação Oral (CO) Ensino-aprendizagem de Espanhol-língua estrangeira Publicado em 21 de agosto de 2015

Resumo

Muito se fala sobre o que é teatro e todas as inúmeras formas de fazê-lo. Seja de forma amadora, visceral, profissional, para rir ou chorar, para crianças ou adultos. O teatro – como conhecemos – surgiu na Grécia Antiga, nas cerimonias de Dionísio como pedido de uma boa colheita. Partindo da ideia de que o teatro tem várias funções, nosso trabalho visa a investigar como utilizá-lo como ferramenta no ensino/aprendizagem de E.L.E, através da obra: El gran teatro del mundo (1649), do dramaturgo espanhol dos séculos XVI/XVII, Pedro Calderón de la Barca. Esta é uma de suas obras mais famosas, que faz da vida humana enredo para arte, e do ser humano personagem. Trazendo questionamentos inerentes a todo e qualquer ser humano, como: origem do mundo, segregação social, papel social e preconceito, de forma sútil e agradável. Trata-se de um diálogo entre criador (o autor) e criatura (o mundo, a discrição, a formosura, o rico, o lavrador, o pobre). Nosso objetivo é, a partir do texto original, trabalharmos com alunos do Ensino Médio da Escola Estadual Raul Córdula, de Campina Grande - PB, participantes do subprojeto do PIBID Letras-Espanhol UEPB – Campina Grande, em uma adaptação de roteiro adequando-o à realidade atual, a fim de que os alunos representem a peça. Temos, como meta, o ensino/aprendizagem de E.L.E por meio desta apresentação, já que todo o processo (construção do novo roteiro, ensaios e apresentação), abrangerá o estudo de língua, literatura e cultura. Como aporte teórico, temos os autores: Hidalgo (2011), Lorenzo (2004) e os documentos oficiais que norteiam o ensino/aprendizagem de E.L.E.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.