Artigo Anais XI CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

Visualizações: 287
SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Palavra-chaves: SEXUALIDADE, ADOLESCENTE, EDUCAÇÃO SEXUAL Pôster (PO) / Poster Submission Gênero, Sexualidades e Educação Publicado em 03 de junho de 2015

Resumo

A adolescência é um período muito especial no desenvolvimento humano, onde ocorre intenso crescimento e desenvolvimento que se manifesta por marcantes transformações físicas, emocionais, sociais, cognitivas e psicológicas. É uma fase em que o individuo faz a transição da infância para a fase adulta, na qual ele almeja intensamente, baseando se nas relações afetivas com familiares e outros grupos, e na realidade oferecida pela sociedade atual. No decorrer do amadurecimento, diante das transformações de corpo e mente que estão surgindo, os adolescentes passam a valorizar a aparência visual como sendo essencial para o seu convívio social, adotando comportamentos igualitários e sexuais atribuídos a cada sexo (BRÊTAS, 2011).O adolescente começa a se relacionar com um grupo específico inicialmente separados, meninas em um grupo e meninas em outro, no exercício da bissexualidade, logo em seguida, descobrem as possibilidades de relacionamento com outros grupos ou de relacionar-se entre si, a mistura de sexos, o que lhe traz sensação de liberdade e de novas descobertas. Diante deste contexto, ressaltamos a importância do presente estudo para obtenção de conhecimento sobre alguns aspectos da sexualidade da população de adolescentes. O estudo tem como objetivo investigar a produção científica acerca da sexualidade dos adolescentes ampliando os conhecimentos sobre a temática. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura. Este tipo de pesquisa obedece a um rigor metodológico baseado nas seguintes etapas: formulação da questão norteadora da revisão, estabelecimento de critérios para inclusão e exclusão dos estudos, categorização, avaliação dos estudos incluídos, discussão e interpretação dos resultados e a síntese do conhecimento evidenciado dos artigos analisados. O estudo foi constituído por 10 publicações, sendo 1 relato de experiência e 6 artigos originais. O ano com maior número de trabalhos para a presente pesquisa foi o de 2011.Diante a análise dos artigos foram identificados que no ano de 2011 houve uma predominância de publicações sobre a temática. Ao analisarmos as publicações acerca do tema proposto pelo estudo foi observado que alguns enfoques obtiveram maior destaque, dentre eles a quebra dos tabus sobre a sexualidade, a sexualidade vivenciada no meio familiar e a sexualidade na percepção o adolescente. Durante a pesquisa também foram encontrados artigos que associaram o inicio da vida sexual precoce com alguns fatores agravantes. Por exemplo, Malta (2011) afirma que o sexo precoce está associada com o não uso ou uso inadequado dos preservativos e como consequências surgem a gravidez precoce, as doenças sexualmente transmissíveis (DST), AIDS, além de estar associado com o uso do tabaco, consumo de álcool e outras drogas. Diante dos dados apresentados foi possível constatar uma relevante produção acerca da temática sexualidade na adolescência. Onde foi evidenciado a dificuldade de relacionamento entre pais e filhos adolescentes no que tange o assunto sexualidade. É indispensável a presença do profissional para orientar e dialogar com a família na perspectiva de estreitar laços e melhorar o convívio de pais e filhos, promovendo saúde e bem estar principalmente para o adolescente que está vivenciando essa fase de mudanças em sua vida.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.