Artigo Anais XI CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE NA BUSCA DE UMA “PEDAGOGIA DA ESPERANÇA”: UMA (RE)LEITURA DE PAULO FREIRE E O PROCESSO EMANCIPATÓRIO DE LGBT

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE, IDEAL EMANCIPATÓRIO, LGBT, PAULO FREIRE Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Gênero, Sexualidades e Produção do conhecimento
"2015-06-03 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 10611
    "edicao_id" => 31
    "trabalho_id" => 82
    "inscrito_id" => 419
    "titulo" => "EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE NA BUSCA DE UMA “PEDAGOGIA DA ESPERANÇA”: UMA (RE)LEITURA DE PAULO FREIRE E O PROCESSO EMANCIPATÓRIO DE LGBT"
    "resumo" => "A Educação Popular em Saúde (EPS) é um caminho capaz de contribuir com metodologias e saberes para a constituição de novos sentidos e práticas no âmbito do SUS e um instrumento imprescindível para o empoderamento dos sujeitos sobre sua saúde compreendida em seu sentido amplo. Surgindo a partir de Movimentos Sociais, a EPS se agrega a causa LGBT a partir de alguns referenciais teóricos. Entre eles, o de Paulo Freire. Logo, este trabalho objetiva refletir a Educação Popular em Saúde no processo emancipatório de LGBT a partir das contribuições de Paulo Freire. Realizou-se um estudo dialético a partir das concepções de Diniz e Silva (2008) e Zago (2013) por meio da re(leitura) de obras do Educador Paulo Freire, do Caderno de Educação Popular em Saúde (BRASIL, 2014) e da Política Nacional de Saúde Integral LGBT (BRASIL, 2013). Na perspectiva deste estudo, o ideal emancipatório que a Educação Popular encontra no pensamento pedagógico Freireano traz embasamento problematizador sobre questões sociais que surgem através das relações entre oprimidos e opressores. Logo, entende-se que o padrão construído em torno da heteronormatividade traz consequências importantes para LGBT, inclusive no campo da saúde. Nesse sentido, a EPS aparece para reafirmar o compromisso do SUS com esta população. Assim, conclui-se que a EPS fundamentada nas obras de Paulo Freire é uma alternativa para o movimento LGBT, uma vez que reconhecem a significação da existência humana como um ato plural na busca constante por um “inédito viável” e na crença em uma eterna “Pedagogia da Esperança”."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Gênero, Sexualidades e Produção do conhecimento"
    "palavra_chave" => "EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE, IDEAL EMANCIPATÓRIO, LGBT, PAULO FREIRE"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV046_MD1_SA7_ID419_19042015235742.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:57"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:14:40"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MIKAEL LIMA BRASIL"
    "autor_nome_curto" => "MIKAEL BRASIL"
    "autor_email" => "mikael_cpc@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UFCG"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-xi-conages"
    "edicao_nome" => "Anais XI CONAGES"
    "edicao_evento" => "XI Colóquio Nacional Representações de Gênero e de Sexualidades"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conages/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d926732858_19022020165415.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1840e819853_22072020103640.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-03 00:00:00"
    "publicacao_id" => 16
    "publicacao_nome" => "Revista CONAGES"
    "publicacao_codigo" => "2177-4781"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 10611
    "edicao_id" => 31
    "trabalho_id" => 82
    "inscrito_id" => 419
    "titulo" => "EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE NA BUSCA DE UMA “PEDAGOGIA DA ESPERANÇA”: UMA (RE)LEITURA DE PAULO FREIRE E O PROCESSO EMANCIPATÓRIO DE LGBT"
    "resumo" => "A Educação Popular em Saúde (EPS) é um caminho capaz de contribuir com metodologias e saberes para a constituição de novos sentidos e práticas no âmbito do SUS e um instrumento imprescindível para o empoderamento dos sujeitos sobre sua saúde compreendida em seu sentido amplo. Surgindo a partir de Movimentos Sociais, a EPS se agrega a causa LGBT a partir de alguns referenciais teóricos. Entre eles, o de Paulo Freire. Logo, este trabalho objetiva refletir a Educação Popular em Saúde no processo emancipatório de LGBT a partir das contribuições de Paulo Freire. Realizou-se um estudo dialético a partir das concepções de Diniz e Silva (2008) e Zago (2013) por meio da re(leitura) de obras do Educador Paulo Freire, do Caderno de Educação Popular em Saúde (BRASIL, 2014) e da Política Nacional de Saúde Integral LGBT (BRASIL, 2013). Na perspectiva deste estudo, o ideal emancipatório que a Educação Popular encontra no pensamento pedagógico Freireano traz embasamento problematizador sobre questões sociais que surgem através das relações entre oprimidos e opressores. Logo, entende-se que o padrão construído em torno da heteronormatividade traz consequências importantes para LGBT, inclusive no campo da saúde. Nesse sentido, a EPS aparece para reafirmar o compromisso do SUS com esta população. Assim, conclui-se que a EPS fundamentada nas obras de Paulo Freire é uma alternativa para o movimento LGBT, uma vez que reconhecem a significação da existência humana como um ato plural na busca constante por um “inédito viável” e na crença em uma eterna “Pedagogia da Esperança”."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Gênero, Sexualidades e Produção do conhecimento"
    "palavra_chave" => "EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE, IDEAL EMANCIPATÓRIO, LGBT, PAULO FREIRE"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV046_MD1_SA7_ID419_19042015235742.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:57"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:14:40"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MIKAEL LIMA BRASIL"
    "autor_nome_curto" => "MIKAEL BRASIL"
    "autor_email" => "mikael_cpc@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UFCG"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-xi-conages"
    "edicao_nome" => "Anais XI CONAGES"
    "edicao_evento" => "XI Colóquio Nacional Representações de Gênero e de Sexualidades"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conages/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d926732858_19022020165415.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1840e819853_22072020103640.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-03 00:00:00"
    "publicacao_id" => 16
    "publicacao_nome" => "Revista CONAGES"
    "publicacao_codigo" => "2177-4781"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 03 de junho de 2015

Resumo

A Educação Popular em Saúde (EPS) é um caminho capaz de contribuir com metodologias e saberes para a constituição de novos sentidos e práticas no âmbito do SUS e um instrumento imprescindível para o empoderamento dos sujeitos sobre sua saúde compreendida em seu sentido amplo. Surgindo a partir de Movimentos Sociais, a EPS se agrega a causa LGBT a partir de alguns referenciais teóricos. Entre eles, o de Paulo Freire. Logo, este trabalho objetiva refletir a Educação Popular em Saúde no processo emancipatório de LGBT a partir das contribuições de Paulo Freire. Realizou-se um estudo dialético a partir das concepções de Diniz e Silva (2008) e Zago (2013) por meio da re(leitura) de obras do Educador Paulo Freire, do Caderno de Educação Popular em Saúde (BRASIL, 2014) e da Política Nacional de Saúde Integral LGBT (BRASIL, 2013). Na perspectiva deste estudo, o ideal emancipatório que a Educação Popular encontra no pensamento pedagógico Freireano traz embasamento problematizador sobre questões sociais que surgem através das relações entre oprimidos e opressores. Logo, entende-se que o padrão construído em torno da heteronormatividade traz consequências importantes para LGBT, inclusive no campo da saúde. Nesse sentido, a EPS aparece para reafirmar o compromisso do SUS com esta população. Assim, conclui-se que a EPS fundamentada nas obras de Paulo Freire é uma alternativa para o movimento LGBT, uma vez que reconhecem a significação da existência humana como um ato plural na busca constante por um “inédito viável” e na crença em uma eterna “Pedagogia da Esperança”.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.