Artigo Anais XI CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

DA HIBRIDEZ TEXTUAL AOS CONTRASTES CULTURAIS: AS QUESTÕES DE GÊNERO EM NIKETCHE UMA HISTÓRIA DE POLIGAMIA

Palavra-chaves: GÊNERO, ORALIDADE, PAULINA CHIZIANE Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Estudos literários, Gênero e Sexualidades Publicado em 03 de junho de 2015

Resumo

RESUMO Visando propiciar reflexões acerca das questões de gênero na obra Niketche uma história de poligamia, de autoria da moçambicana Paulina Chiziane, o presente artigo fundamenta-se na noção de “entre-lugar” cunhada por Homi K. Bhabha, partindo do pressuposto de que o conto, possibilita legitimação identitária, enquanto o romance é uma ficção que sobrepõe poder cultural em África, conforme problematização de Leite (2012), Moretti (2009), Schimidt (2010), Gotlib (2006), Piglia (2004) e Teles (2002), ressaltando os conflitos estabelecidos quando se deparam tradição e modernidade, culminando numa abordagem que evidencia, do real ao ficcional, as “agruras do ser feminino” em uma sociedade eminente patriarcalista. Palavras-chave: gênero, Paulina Chiziane, poligamia, Moçambique.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.