Artigo Anais XI CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

A ORIENTAÇÃO SEXUAL NAS ESCOLAS E A PSICOLOGIA EDUCACIONAL

Palavra-chaves: ESCOLA, SEXUALIDADE, PSICOLOGIA Pôster (PO) / Poster Submission Gênero, Sexualidades e Educação
"2015-06-03 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 10475
    "edicao_id" => 31
    "trabalho_id" => 103
    "inscrito_id" => 440
    "titulo" => "A ORIENTAÇÃO SEXUAL NAS ESCOLAS E A PSICOLOGIA EDUCACIONAL"
    "resumo" => "No espaço escolar, existem diversos fatores a serem abordados como, por exemplo, as disciplinas do currículo ofertadas, os Parâmetros Curriculares Nacionais – PCNs e a estrutura da instituição, porém, não pode-se esquecer questões que, para além do grupal, referem-se ao âmbito individual do sujeito, como por exemplo a sexualidade, que participa de toda a constituição deste. Nota-se que a sexualidade está imersa no campo das crenças, cultura, valores e comportamento, portanto esta não pode ser separada da escola uma vez que age diretamente na vida dos sujeitos, através dos discursos que são produzidos, da influência do outro e da própria instituição. Entretanto, são encontradas inúmeras dificuldades no contexto escolar quando pensa-se em discutir sobre a sexualidade, pois trata-se de um tema que, além de envolver tabus e preconceitos, envolve dúvidas por parte dos próprios professores que, por vezes, não tiveram a formação adequada que os instrumentalizassem para abordar essa problemática no contexto escolar. Nesse sentido, o presente trabalho objetiva questionar como o professor pode orientar seus alunos acerca de um tema sem ter tido a devida preparação para fazê-lo. Sublinha-se assim, a figura do psicólogo educacional como mais um agente facilitador desse processo, contribuindo com a problematização do tema, a partir de uma perspectiva acolhedora, de respeito e valorização da diversidade sexual."
    "modalidade" => "Pôster (PO) / Poster Submission"
    "area_tematica" => "Gênero, Sexualidades e Educação"
    "palavra_chave" => "ESCOLA, SEXUALIDADE, PSICOLOGIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV046_MD4_SA2_ID440_21042015200244.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:57"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:14:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ALANNY NUNES DE SANTANA"
    "autor_nome_curto" => "ALANNY"
    "autor_email" => "alannysantana@hotmail.com"
    "autor_ies" => ""
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-xi-conages"
    "edicao_nome" => "Anais XI CONAGES"
    "edicao_evento" => "XI Colóquio Nacional Representações de Gênero e de Sexualidades"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conages/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d926732858_19022020165415.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1840e819853_22072020103640.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-03 00:00:00"
    "publicacao_id" => 16
    "publicacao_nome" => "Revista CONAGES"
    "publicacao_codigo" => "2177-4781"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 10475
    "edicao_id" => 31
    "trabalho_id" => 103
    "inscrito_id" => 440
    "titulo" => "A ORIENTAÇÃO SEXUAL NAS ESCOLAS E A PSICOLOGIA EDUCACIONAL"
    "resumo" => "No espaço escolar, existem diversos fatores a serem abordados como, por exemplo, as disciplinas do currículo ofertadas, os Parâmetros Curriculares Nacionais – PCNs e a estrutura da instituição, porém, não pode-se esquecer questões que, para além do grupal, referem-se ao âmbito individual do sujeito, como por exemplo a sexualidade, que participa de toda a constituição deste. Nota-se que a sexualidade está imersa no campo das crenças, cultura, valores e comportamento, portanto esta não pode ser separada da escola uma vez que age diretamente na vida dos sujeitos, através dos discursos que são produzidos, da influência do outro e da própria instituição. Entretanto, são encontradas inúmeras dificuldades no contexto escolar quando pensa-se em discutir sobre a sexualidade, pois trata-se de um tema que, além de envolver tabus e preconceitos, envolve dúvidas por parte dos próprios professores que, por vezes, não tiveram a formação adequada que os instrumentalizassem para abordar essa problemática no contexto escolar. Nesse sentido, o presente trabalho objetiva questionar como o professor pode orientar seus alunos acerca de um tema sem ter tido a devida preparação para fazê-lo. Sublinha-se assim, a figura do psicólogo educacional como mais um agente facilitador desse processo, contribuindo com a problematização do tema, a partir de uma perspectiva acolhedora, de respeito e valorização da diversidade sexual."
    "modalidade" => "Pôster (PO) / Poster Submission"
    "area_tematica" => "Gênero, Sexualidades e Educação"
    "palavra_chave" => "ESCOLA, SEXUALIDADE, PSICOLOGIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV046_MD4_SA2_ID440_21042015200244.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:57"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:14:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ALANNY NUNES DE SANTANA"
    "autor_nome_curto" => "ALANNY"
    "autor_email" => "alannysantana@hotmail.com"
    "autor_ies" => ""
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-xi-conages"
    "edicao_nome" => "Anais XI CONAGES"
    "edicao_evento" => "XI Colóquio Nacional Representações de Gênero e de Sexualidades"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conages/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d926732858_19022020165415.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1840e819853_22072020103640.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-03 00:00:00"
    "publicacao_id" => 16
    "publicacao_nome" => "Revista CONAGES"
    "publicacao_codigo" => "2177-4781"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 03 de junho de 2015

Resumo

No espaço escolar, existem diversos fatores a serem abordados como, por exemplo, as disciplinas do currículo ofertadas, os Parâmetros Curriculares Nacionais – PCNs e a estrutura da instituição, porém, não pode-se esquecer questões que, para além do grupal, referem-se ao âmbito individual do sujeito, como por exemplo a sexualidade, que participa de toda a constituição deste. Nota-se que a sexualidade está imersa no campo das crenças, cultura, valores e comportamento, portanto esta não pode ser separada da escola uma vez que age diretamente na vida dos sujeitos, através dos discursos que são produzidos, da influência do outro e da própria instituição. Entretanto, são encontradas inúmeras dificuldades no contexto escolar quando pensa-se em discutir sobre a sexualidade, pois trata-se de um tema que, além de envolver tabus e preconceitos, envolve dúvidas por parte dos próprios professores que, por vezes, não tiveram a formação adequada que os instrumentalizassem para abordar essa problemática no contexto escolar. Nesse sentido, o presente trabalho objetiva questionar como o professor pode orientar seus alunos acerca de um tema sem ter tido a devida preparação para fazê-lo. Sublinha-se assim, a figura do psicólogo educacional como mais um agente facilitador desse processo, contribuindo com a problematização do tema, a partir de uma perspectiva acolhedora, de respeito e valorização da diversidade sexual.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.