Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 102
PERCEPÇÃO DE ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL SOBRE O ESPAÇO ESCOLAR E ENSINO DE CIÊNCIAS EM PARNAÍBA-PIAUI

Palavra-chaves: ENSINO DE CIÊNCIAS, ESPAÇO ESCOLAR, PIBID Comunicação Oral (CO) FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Resumo

A ação da escola não se dirige no sentido de dar a todos os meios de adquirir aquilo que não lhes é dado. Ela é o lugar de transmissão do saber que recebe e trata os alunos como iguais, a despeito da disparidade cultural. Com isso sanciona as desigualdades que só ela poderia reduzir. É imprescindível ampliar o olhar para todas as esferas da escola reconhecendo nelas essências, isto é importante para o desenvolvimento de uma educação que reconhece a importância do saber. É no dia-a-dia escolar que crianças e jovens, enquanto atores sociais, têm acesso aos diferentes conteúdos curriculares, os quais devem ser organizados de forma a efetivar a aprendizagem. Assim objetivou-se neste trabalho analisar, a partir da inserção do PIBID (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação á Docência) na respectiva escola a percepção que os alunos de ensino fundamental têm sobre o ensino de ciências. O presente trabalho foi desenvolvido em uma escola pública da cidade de Parnaíba, localizada na região norte do Piauí, no âmbito do projeto PIBID. A pesquisa escolhida apresentou uma abordagem qualitativa e o optou-se por aplicar um questionário que foi dividido em duas partes, a primeira com três questões buscando traçar o perfil dos alunos e a segunda com oito questões que possibilitou analisar as opiniões dos alunos sobre o ensino de ciências. O público alvo foi escolhido aleatoriamente com o intuito de obter resultados diversificados. Nos resultados obtidos notou-se que aos alunos já ficaram para recuperação nas diversas disciplinas em diferentes porcentagens. Na segunda parte do questionário o enfoque foi em relação ao ensino de ciências e ao espaço escolar, onde obtemos que a maioria prefere a disciplina de ciências em detrimentos das outras. Foi observado também as dificuldades, as preferências de conteúdo na disciplina, como seria uma aula ideal, se percebiam alguns dos conteúdos estudados em seu cotidiano, se gostavam da escola e a expectativa dos alunos sobre a inserção do PIBID no seu âmbito escolar. Diante dos resultados, ficou evidente que as concepções de ciências e dos conteúdos estudados na percepção dos alunos divergem em muitos aspectos diferentes.É importante compreender o ponto de vista dos educandos tendo em vista que é no espaço escolar que o aluno vai desenvolvendo o senso crítico e construído as bases para a formação futura ao longo do processo de ensino e aprendizagem.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.