Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 109
DOCÊNCIA EM QUÍMICA: PERFIL DOS PROFESSORES DAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO DA CIDADE DE JOÃO PESSOA-PB

Palavra-chaves: FORMAÇÃO DE PROFESSORES, ENSINO DE QUÍMICA, ENSINO E APRENDIZAGEM Pôster (PO) FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Resumo

INTRODUÇÃOÉ consenso entre os pesquisadores da área de Ensino de Química que a realização de aulas mais instigantes, está diretamente relacionada ao nível de formação dos professores, e ao tipo de formação dos mesmos, por isso traçar o perfil do professor possibilita a identificação de problemas e contribui para o aprimoramento do trabalho em sala de aula. Tendo em vista essa problemática, buscou-se por meio desta pesquisa, avaliar o perfil dos professores das escolas de ensino médio da cidade de João Pessoa. O professor deve ser o mediador na construção do conhecimento em sala de aula e isso requer uma postura ativa e estudos constantes.METODOLOGIAA pesquisa contou com a colaboração de 19 professores do ensino médio de escolas da rede pública e privada, das quais 63,16% foram da rede Pública, 26,32% da rede Privada e 10,52% do Instituto Federal de Ensino. Responderam a um questionário informando seu perfil metodológico e suas principais dificuldades em dinamizar o processo educacional. Os dados coletados foram estudados e os resultados obtidos estão postos em seguida.RESULTADOSOs resultados demonstram que a maioria dos educadores não faz uso de instrumentos metodológicos como jogos lúdicos, recursos multimídias e práticas laboratoriais. Dos quais 89,5% afirmam ausência de laboratório e 94,7% relatam que estão com excesso de aulas e com isso falta tempo para prepará-las Entretanto os educadores apresentaram uma ampla aceitação a estes recursos metodológicos como sendo ótimos instrumentos de motivação educacional.CONCLUSÃOConcluiu-se que muitos professores embora apresentassem conhecimento sobre as atividades e afirmarem que estas são eficientes para um melhor desenvolvimento do ensino e aprendizagem, não as utilizam em suas aulas por diversos motivos como: excesso de aulas, falta de tempo para preparar essas atividades e má infraestrutura das escolas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.