Artigo Anais VII EPBEM

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-0042

Visualizações: 137
A EXPERIÊNCIA DOS TRABALHOS DE ESTATÍSTICA NAS AULAS DE MATEMÁTICA DA E.E.E.M.P. DR. ELPÍDIO DE ALMEIDA

Palavra-chaves: ESTATÍSTICA, PIBID, ALUNOS Pôster (PO) 03 - Educação Estatística (EE)

Resumo

Não é de hoje que precisamos da Estatística para saber determinadas características de um grupo pelo o qual temos a curiosidade de entender. Segundo DANTE (2012, p. 15), as primeiras noções de Estatística apareceram muito tempo antes de Cristo, mas somente no século XVIII o termo “estatística” se instituiu, por sugestão do alemão Gottfried Achenwall (1719-1772), que atribuiu a Estatística um caráter científico, considerando-a “um conjunto de elementos socioeconômicos e políticos nos quais se assenta o Estado”. Como a Matemática e tudo que está dentro dela é tida pelos alunos como uma ciência difícil de ser compreendida e executada, nós, bolsistas do PIBID/Matemática/UFCG envolvidos nesse trabalho, buscamos através dos trabalhos aplicados na E.E.E.M.P. Dr. Elpídio de Almeida em duas turmas da última série do Ensino Médio, ambas no segundo semestre, sendo que uma em 2011 e outra em 2012, envolvendo o conteúdo de Estatística, mostrar aos alunos que o conteúdo estudado está frequentemente presente no seu dia-a-dia, e que, desta maneira, fica mais fácil de absorver as informações passadas em sala de aula, já que se torna algo concreto. Para realizar este trabalho, primeiramente ministramos aulas explicativas para os alunos, com os conceitos iniciais e necessários para que a turma fosse capaz de realizar as pesquisas propostas e depois apresentar os resultados, sendo esses conceitos os de média, moda, mediana, freqüência tabelas e gráficos (de setores e barras e histogramas). Após essas introduções conceituais, resolvemos exemplos e questões para por em prática o que estava sendo ensinado, com o intuito dos alunos fixarem como são realizadas as pesquisas estatísticas. Foram utilizadas também apostilas com questões do ENEM, com o intuito de preparar os alunos para esse exame, além de mostrá-los, mais uma vez, como esse conteúdo se está presente no seu cotidiano. Logo após, propomos aos alunos que se dividissem em grupos para que pesquisassem no ambiente escolar uma certa quantidade de pessoas, onde cada grupo ficou com um ou dois temas, dentre esses temas sugeridos estavam raça, estilo de música, área do vestibular e matéria preferida. A partir dessa pesquisa realizada, os alunos passaram a fazer a análise dos dados coletados, e então prepararam materiais como cartazes com gráficos e parte escrita com as pesquisas e gráficos, para serem entregues e apresentados em sala. Notamos que, após o trabalho, os alunos estavam com um maior domínio sobre o conteúdo estudado sendo que agora com a experiência de terem colocado em prática o que tinham estudado, se relacionando com os outros alunos de outras turmas, além de passarem a ter conhecimentos sobre qual o perfil de alunos que estudam em seu colégio e perceberem a importância da estatística para a sociedade.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.