Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 252
TEORIAS DA APRENDIZAGEM: DA TEORIA À PRÁTICA

Palavra-chaves: TEORIAS DA APRENDIZAGEM, CONSTRUTIVISMO, SALA DE AULA Comunicação Oral (CO) FORMAÇÃO DE PROFESSORES Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Este trabalho é fruto de discussões e reflexões na disciplina Teorias da Aprendizagem em Ensino de Ciências e Matemática, ele busca trazer uma reflexão a partir da observação de uma sala de aula e identificação da(s) teoria(s) de aprendizagem adotada(s) pelo professor naquele momento. Sabemos que uma simples observação não é suficiente para expressar com rigor científico a(s) teoria(s) de aprendizagem sobressalente(s) ao professor observado, entretanto, trata-se de um “exercício aos mestrandos” de identificação das teorias estudadas no âmbito desta disciplina em uma situação prática do cotidiano escolar. Elencamos ideias do construtivismo de Piaget, onde a construção do conhecimento ocorre quando o assunto interage com o objeto do conhecimento; Vygotsky, onde o processo de aprendizagem ocorre quando há interação. O desenvolvimento cognitivo depende do contexto social, histórico e cultural; a aprendizagem ocorre através da interação social, quando “ocorre” a aquisição dos significados, sendo a fala o signo principal desta aquisição; Ausubel, onde o indivíduo aprende quando aquilo que se propõe que ele aprenda é significativo. Bruner, onde o aprendizado é um processo ativo, baseado em seus conhecimentos prévios e os que estão sendo estudados. O aprendiz filtra e transforma a nova informação, infere hipóteses e toma decisões e na teoria social da aprendizagem, onde o principal foco é na aprendizagem como participação social, devendo integrar os componentes necessários para caracterizar a participação social como um processo de aprender e de conhecer. Interligado a este conceito está o conceito de comunidades de prática, em que o domínio corresponde a uma área de conhecimento, interesse ou atividade humana; a comunidade é composta pelos indivíduos, suas interações e construção de relacionamentos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.