Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

NARRANDO A HISTÓRIA, DESVENDANDO AS MEMÓRIAS: MANEIRAS DE PENSAR AS INSTITUIÇÕES ESCOLARES COM PAUL RICOEUR

Palavra-chaves: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO, MEMÓRIA, PAUL RICOEUR Comunicação Oral (CO) HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

O campo de pesquisa da História da Educação tem aberto múltiplas e fecundas possibilidades de pesquisa que atualmente interessam, sobretudo, aos historiadores. Neste ínterim, a temática das instituições escolares têm se tornado um vasto campo de pesquisa quem vem crescendo no Brasil principalmente a partir dos anos 1970. O presente trabalho é fruto dos resultados parciais obtidos a partir das leituras, reflexões e investigações em andamento de nossa dissertação de mestrado , que tem como tema a história e memória de uma instituição escolar, a EAAC . A partir do viés da História Cultural, nos propomos a investigar sobre a relação entre História e memória do espaço escolar e perceber como a partir desta imbricação é possível estabelecer a importância da memória para a ressignificação da História das instituições escolares. Neste sentido, o presente texto se propõe a demonstrar como, a partir de alguns conceitos e noções do filósofo francês Paul Ricoeur, é possível problematizar o espaço institucional escolar demonstrando a importância da abordagem da memória para o campo da pesquisa histórica. Em interface com uma discussão sobre as narrativas de vida, ensejamos ainda demonstrar que a metodologia da história oral e a abordagem da memória escolar constituem uma poderosa ferramenta de pesquisa no campo da História da Educação, pois abre múltiplas possibilidades de engendrar diversas problematizações que permeiam o espaço escolar e suas diversas relações.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.