Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

LÍNGUA PORTUGUESA: AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM E CONCEPÇÕES DE ENSINO

Palavra-chaves: ENSINO, HABILIDADE, PRÁTICA Pôster (PO) ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

O ser humano, diferente dos demais seres vivos, possui habilidades de comunicação tão incrível e, ao mesmo tempo, tão natural que, muitas vezes, não dá seu devido valor. O objetivo do ensino de língua portuguesa para todas as séries é mostrar como funciona a linguagem humana e, de modo particular o Português. Busca-se também o desenvolvimento de atitudes como pesquisar, selecionar informações, analisar, sintetizar, argumentar, negociar e cooperar, visando, entre outras coisas, o trabalho e a continuidade dos estudos. Nesse sentido, o caráter do ensino de língua portuguesa é essencialmente comunicativo e permite despertar nos alunos a necessidade de aprofundar seus conhecimentos para continuar aprendendo aprimorando-os com a socialização e buscando, assim como a formação ética, o pensamento crítico e a autonomia intelectual. Em análise desse estudo, postula-se que o professor é o agente responsável pelo desenvolvimento das habilidades de escrita, leitura e produção oral como prática social desempenhando um contexto contemporâneo em contraponto com ensinos metódicos e exaustivos. É na escola que as novas gerações têm a oportunidade de vivenciar diferentes práticas de leitura e escrita e, pelo menos em tese, apropriar-se de uma gama de gêneros discursivos e desenvolvê-los. Dessa forma, pretende-se que os educandos possam ler e escrever a maior parte dos textos que circulam na sociedade em que vivem, e não só saibam, mas exerçam práticas de leitura importantes para exercer seu papel de cidadão, ler: jornais, revistas, livros, tabelas, quadros, formulários, documentos pessoais, contas de água, luz, telefone, bilhetes, telegramas, e escrever cartas, relatórios, ou seja, propor atividades e situações de aprendizagem da língua e dos usos e funções sociais da escrita. Diante dessas considerações, entende-se que o profissional da educação constrói o processo de ensino contribuindo na produção de conhecimento na vivência pedagógica adquirida e repassada muitas vezes eficazmente. Conseguintes resultados na avaliação traçar o perfil profissional dos professores caracterizando a prática pedagógica e analisando os fatores que concorrem para a consolidação do processo de saber ensinar a língua portuguesa.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.