Artigo E-book: CONEDU em Casa - Vol 03

E-books

ISBN: 978-65-86901-29-0

Visualizações: 63
TRADUÇÃO IMAGÉTICA DO MINICONTO UMA QUESTÃO DE EDUCACÃO DE MARINA DE COLASANTI: UMA ESTRATÉGIA PARA A FORMAÇÃO DO ALUNO LEITOR-AUTOR

Palavra-chaves: LETRAMENTO LITERÁRIO, MINICONTOS, TRADUÇÃO/ADAPTAÇÃO, HISTÓRIA EM QUADRINHOS, ALUNO LEITOR – AUTOR. E-book E-book

Resumo

CONSOLIDAR UM ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA NUMA PERSPECTIVA SOCIO-INTERATIVA, COMO PROPÕEM OS DOCUMENTOS OFICIAIS VIGENTES, É UM DESAFIO PARA OS PROFESSORES DE LÍNGUA PORTUGUESA, SOBRETUDO DEVIDO ÀS DIFICULDADES DE LEITURA APRESENTADAS PELOS ESTUDANTES, AS QUAIS SE REFLETEM NA ESCRITA. ASSIM, É PRECISO BUSCAR NOVOS CAMINHOS PARA DESENVOLVER COMPETÊNCIAS BÁSICAS DE LEITURA. FRUTO DA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO INTITULADA DA LEITURA DE MINICONTOS DE MARINA COLASANTI PARA OS QUADRINHOS: UMA ESTRATÉGIA DE LETRAMENTO LITERÁRIO, ESTE ARTIGO OBJETIVA DEMONSTRAR COMO A LEITURA DO TEXTO LITERÁRIO ALIADA ÀS ATIVIDADES DE TRADUÇÃO IMAGÉTICA E A ESTRATÉGIAS DE LEITURA PODE CONTRIBUIR PARA A FORMAÇÃO DE UM ALUNO LEITOR–AUTOR. A INTERVENÇÃO FOI REALIZADA NUMA TURMA DE 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE UMA ESCOLA PÚBLICA, E CONSISTIU NA APLICAÇÃO DE OFICINAS DE LETRAMENTO LITERÁRIO, RESULTANDO NA TRADUÇÃO/ADAPTAÇÃO PARA OS QUADRINHOS DE MINICONTOS DE MARINA COLASANTI. PARA ANÁLISE, FORAM SELECIONADAS DUAS PRODUÇÕES REALIZADAS A PARTIR DO MINICONTO UMA QUESTÃO DE EDUCAÇÃO QUE RETRATA A VIOLÊNCIA FÍSICA E/OU SIMBÓLICA CONTRA A MULHER. PARA COMPROVAR A HIPÓTESE APRESENTADA, FORAM OBSERVADOS OS SEGUINTES ASPECTOS: ATUALIZAÇÃO DA TEMÁTICA, A PRESENÇA DE SUBJETIVIDADE; A ORGANIZAÇÃO E A CRIATIVIDADE NAS HQS PRODUZIDAS, CONSIDERANDO A LINGUAGEM DOS QUADRINHOS, E A PRESENÇA DOS ASPECTOS SOCIAIS DOS MINICONTOS. OBSERVAMOS, ENTÃO, A RECEPÇÃO E O EFEITO DO TEXTO LITERÁRIO NO LEITOR, E PERCEBEMOS QUE OS PARTICIPANTES DA PESQUISA PRODUZIRAM UMA TRADUÇÃO/ADAPTAÇÃO QUE PODE SER SINTETIZADA COMO UMA RECRIAÇÃO CRÍTICA, ATUALIZADA, SUBJETIVA, CRIATIVA E ORGANIZADA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.