Artigo Anais do V CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

FLUXO DE MASSA EM SÓLIDOS CERÂMICOS VIA MÉTODO INTEGRAL BASEADO EM GALERKIN

Palavra-chaves: FLUXO DE MASSA, SÓLIDO CERÂMICO, SIMULAÇÃO, MÉTODO GBI, Comunicação Oral (Artigo Completo) AT 01: Pesquisa em Ensino de Ciências (Biologia, Química, Física) e Matemática Publicado em 10 de dezembro de 2020

Resumo

O MATERIAL CERÂMICO ESTÁ HÁ BASTANTE TEMPO PRESENTE NA VIDA DOS SERES HUMANOS, DELE PODE SER FEITO VASOS, JARROS, TIJOLOS, ETC. NO BRASIL, A SUA ORIGEM FOI NO ESTADO DO PARÁ, NA ILHA DE MARAJÓ, ONDE OS ÍNDIOS DA REGIÃO TINHA MELHORES TÉCNICAS DE FABRICAÇÃO DA CERÂMICA EM COMPARAÇÃO COM OUTROS POVOS. ATUALMENTE, AS REGIÕES SUDESTE E SUL SE TORNARAM AS MAIORES PRODUTORAS DO MATERIAL CERÂMICO EM COMPARAÇÃO COM OUTRAS REGIÕES, MAS PODEMOS CONSIDERAR O CRESCIMENTO DO NORDESTE DEVIDO À DEMANDA DA CONSTRUÇÃO CIVIL. A ARGILA TEM UMA ESTRUTURA DE SÓLIDO AMORFO QUE SOBREPÕE A DE UM SÓLIDO CRISTALINO, AS FASES DE SUA PRODUÇÃO SÃO: EXTRAÇÃO DA JAZIDA, PREPARAÇÃO, CONFORMAÇÃO, SECAGEM E QUEIMA. A SECAGEM ENVOLVE SIMULTANEAMENTE O FLUXO DE CALOR E MASSA EM UM SÓLIDO CERÂMICO, CUJA PRINCIPAL CARACTERÍSTICA É RETIRAR UMIDADE DO PRODUTO, MAS PARA BEM MODELAR O PROCESSO É NECESSÁRIO DESENVOLVER UM MODELO MATEMÁTICO QUE CONSIDERE A GEOMETRIA DO SÓLIDO. ESTE TRABALHO, TEM POR OBJETIVO APLICAR O MÉTODO GBI COMO MODELO MATEMÁTICO, EMPREGANDO A TEORIA DA DIFUSÃO LÍQUIDA E, CONSIDERANDO AS PROPRIEDADES TERMO-FÍSICAS CONSTANTES E A CONDIÇÃO DE CONTORNO DE 1A ESPÉCIE E REALIZAR A SIMULAÇÃO COMPUTACIONAL PARA DESCREVER O PROCESSO DE SECAGEM NO SÓLIDO CERÂMICO ATRAVÉS DE SOFTWARES. OS RESULTADOS GRAFÍCOS PARA A CINÉTICA DE SECAGEM E PARA A DISTRIBUIÇÃO DO TEOR DE UMIDADE SERÃO APRESENTADOS E DISCUTIDOS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.