Artigo Anais do V CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

MATERIAIS NÃO CONVENCIONAIS NA CONSTRUÇÃO CIVIL

Palavra-chaves: MATERIAIS ALTERNATIVOS, FIBRAS VEGETAIS, SUSTENTABILIDADE, , Comunicação Oral (Artigo Completo) AT 06: Engenharias  e Arquitetura : abordagens sobre Ensino e Pesquisa Publicado em 10 de dezembro de 2020

Resumo

A CONSTRUÇÃO CIVIL TEM GRANDE POTENCIAL PARA ABSORVER MATERIAIS RECICLADOS DAS INDÚSTRIAS. NOS DIAS DE HOJE A SUSTENTABILIDADE TEM OCUPADO LUGARES IMPORTANTES, ALÉM DOS BENEFÍCIOS ECOLÓGICOS QUE VISAM DIMINUIR OS IMPACTOS AMBIENTAIS, COMO TAMBÉM O SURGIMENTO DE NOVAS TÉCNICAS E PESQUISAS NA ÁREA. ESSA BUSCA POR MATERIAIS ALTERNATIVOS INICIOU NO SÉCULO PASSADO E VEM GANHANDO ENFOQUE CADA VEZ MAIS, DEVIDO A UMA BUSCA PELA DIMINUIÇÃO DE IMPACTOS. O MONOPÓLIO DOS MATERIAIS CONVENCIONAIS NO BRASIL AINDA É BEM EVIDENTE VISTO QUE AS FACILIDADES DE COMPRAS DE IMÓVEIS FINANCIADOS UTILIZANDO ESSES MATERIAIS CONVENCIONAIS COMO EDIFICAÇÕES EM CONCRETO ARMADO SÃO BEM MAIS FÁCEIS DO QUE OS UTILIZADOS COM NÃO CONVENCIONAIS, ALÉM DISSO, A POPULAÇÃO EM GERAL POSSUI UM RECEIO QUANTO À SEGURANÇA E A DURABILIDADE DO MATERIAL ALTERNATIVO POR SER POUCO USUAL, PELA INEXISTÊNCIA DE NORMAS PARA USO ENTRE OUTROS. AS FIBRAS VEGETAIS SÃO EXEMPLOS DOS MESMOS NA CONFECÇÃO DESSES NOVOS MATERIAIS, VISTO QUE AS MESMAS POSSUEM PROPRIEDADES BASTANTE INTERESSANTES PARA O MELHORAMENTO DO MESMO EM RELAÇÃO À TRAÇÃO E COMPRESSÃO. DUAS DAS QUE SE DESTACAM SÃO AS DE SISAL E CURAUÁ, UTILIZADAS EM COMPÓSITOS DE CIMENTÍCIOS, ENTRE OUTROS. FAZ-SE PERCEPTÍVEL A VIABILIDADE DO USO DESSES NOVOS MATERIAIS, SENDO NECESSÁRIOS MAIORES TESTES E NORMATIZAÇÃO DOS MESMOS, PARA QUE CONSIGAM ENTRAR NO MERCADO E COMPETIR DE IGUAL PARA IGUAL COM OS MATERIAIS CONVENCIONAIS. COM ISSO, O PRESENTE TRABALHO TRAZ UM ESTUDO BIBLIOGRÁFICO SOBRE OS MATERIAIS NÃO CONVENCIONAIS NA CONSTRUÇÃO CIVIL E SUAS CARACTERÍSTICAS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.