Artigo Anais do V CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

O USO DA APRENDIZAGEM BASEADA EM PROBLEMAS NA EDUCAÇÃO MÉDICA: UMA MUDANÇA DE PARADIGMA

Palavra-chaves: APRENDIZAGEM BASEADA EM PROBLEMAS, EDUCAÇÃO MÉDICA, METODOLOGIAS ATIVAS, , Comunicação Oral (Artigo Completo) AT 05: Ciências da Saúde: abordagens na Pesquisa e no Ensino Publicado em 10 de dezembro de 2020

Resumo

A APRENDIZAGEM BASEADA EM PROBLEMAS (ABP) É UMA PROPOSTA DE ENSINO-APRENDIZAGEM QUE TEM COMO OBJETIVO ADEQUAR A EDUCAÇÃO MÉDICA ÀS NOVAS DEMANDAS DOS SISTEMAS DE SAÚDE CONTEMPORÂNEOS. ELA SE UTILIZA DE METODOLOGIAS ATIVAS DE ENSINO PARA PROPORCIONAR A INTERAÇÃO TEÓRICO-PRÁTICA E COLOCAR O ALUNO COMO O CENTRO DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM. A METODOLOGIA UTILIZADA FOI A REVISÃO INTEGRATIVA, USANDO COMO BASES DE DADOS O PUBMED E A BIBLIOTECA VIRTUAL EM SAÚDE (BVS), COM OS DESCRITORES “APRENDIZAGEM BASEADA EM PROBLEMAS” E “EDUCAÇÃO MÉDICA”. O FOCO DA ABP É DESENVOLVER NO ESTUDANTE DUAS HABILIDADES PRINCIPAIS: O APRENDIZADO AUTODIRIGIDO E O RACIOCÍNIO CLÍNICO, ESSENCIAIS PARA A RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS. DIVERSAS INICIATIVAS PARA A INTRODUÇÃO DA ABP NAS UNIVERSIDADES BRASILEIRAS ESTÃO SENDO COLOCADAS EM PRÁTICA, UTILIZANDO UM CURRÍCULO INTEGRADO E A TUTORIA COMO FERRAMENTA CENTRAL. A PRINCIPAL DIFICULDADE ENCONTRADA É ROMPER COM OS MOLDES TRADICIONAIS DE ENSINO, TIRANDO ESTUDANTES E PROFESSORES DA COMODIDADE. ENTRETANTO, É POSSÍVEL PERCEBER QUE HÁ UMA BOA ACEITAÇÃO DO MÉTODO PELOS ALUNOS, QUE SE SENTEM MAIS ESTIMULADOS A ESTUDAR E PERCEBEM O DESENVOLVIMENTO DE NOVAS HABILIDADES.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.