Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

O PROCESSO DE GRAMATICALIZAÇÃO DO ITEM AGORA NA LÍNGUA FALADA E ESCRITA

Palavra-chaves: FUNCIONALISMO, GRAMATICALIZAÇÃO, ITEM LEXICAL AGORA, , MUDANÇA LINGUÍSTICA. Comunicação Oral (CO) GT 15 – Ensino de línguas Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

NESTE TRABALHO, ANALISAMOS, NUMA ABORDAGEM DA LINGUÍSTICA FUNCIONAL DO ITEM LEXICAL AGORA EM DADOS DE LÍNGUA FALADA E ESCRITA. POR ACREDITARMOS QUE A É ALGO DINÂMICO E ADAPTÁVEL AS NECESSIDADES COMUNICATIVAS DOS FALANTES, PARTIMOS DA HIPÓTESE DE QUE O AGORA ESTEJA ASSUMINDO USO PARA ALÉM DAQUELES POSTULADOS PELA GRAMÁTICA DO PORTUGUÊS. PARA ISSO, ADOTAMOS O APORTE TEÓRICO DA GRAMATICALIZAÇÃO, O QUAL PREVÊ QUE ITEM LEXICAIS MIGREM PARA A GRAMÁTICA EXERCENDO FUNÇÕES SINTÁTICAS, SEMÂNTICAS E PRAGMÁTICAS DISTINTAS A DEPENDER DOS CONTEXTOS E GÊNEROS TEXTUAIS DIFERENTES. PARA AS NOSSAS ANÁLISES, SELECIONAMOS OS DADOS DO CORPUS PUBLICADO PELO GRUPO DE PESQUISA D&G “A LÍNGUA FALADA E ESCRITA NA DA CIDADE DE NATAL (1998)”. NOSSOS RESULTADOS MOSTRARAM QUE QUE CONTRARIANDO A VISÃO DA GRAMATICA TRADICIONAL, A QUAL COLOCA O AGORA APENAS COMO ADVÉRBIO DE TEMPO, O ITEM AGORA APRESENTOU MULTIFUNCIONALIDADES DE USO, PRINCIPALMENTE NA MODALIDADE ORAL.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.