Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA – PNL COMO FERRAMENTA FACILITADORA DO ENSINO-APRENDIZAGEM BEM COMO FORÇA MOTRIZ QUALIFICADORA DO TRABALHO DOCENTE

Palavra-chaves: PNL, ENSINO-APRENDIZAGEM, ESCOLA Comunicação Oral (CO) GT 18 – Educação Emocional Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

COMPREENDENDO QUE O AMBIENTE ESCOLAR PODE SER CONSIDERADO UM LOCAL DE REPRODUÇÃO DE CLASSES SOCIAIS, BEM COMO UM ESPAÇO DE TRANSFORMAÇÕES SOCIAIS DESTACAMOS A AÇÃO PEDAGÓGICA COMO UMA FERRAMENTA EXTREMAMENTE IMPORTANTE NESTE CENÁRIO. PARTINDO DO PRINCÍPIO ACIMA MENCIONADO DESTACAMOS AO CURSO DESTE ESTUDO PRELIMINAR COMO A PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA – PNL PODE SER UTILIZADA COMO FERRAMENTA FACILITADORA DO ENSINO-APRENDIZAGEM E COMO FORÇA MOTRIZ QUALIFICADORA DO TRABALHO DOCENTE, AGINDO DESTE MODO DE MANEIRA DIRETA NAS DESIGUALDADES ENCONTRADAS NO CENÁRIO ESCOLAR E CONSEQUENTEMENTE DA SOCIEDADE NO QUAL ESTÁ INSERIDA. PROCUROU-SE INICIALMENTE COMPREENDER O QUE VEM A SER A PNL, COMO ELA SURGIU E QUAIS AS PRINCIPAIS TÉCNICAS DA PNL UTILIZADAS EM SALA DE AULA GERAM RESULTADOS POSITIVOS DO TOCANTE A MAXIMIZAÇÃO DO ENSINO-APRENDIZAGEM. PARA O DELINEAMENTO DESTA PESQUISA RECORREMOS A ANÁLISES BIBLIOGRÁFICAS DE LITERATURAS COMO A DE ANDREAS E FAULKNER E ANA MEDEIROS, EM ESTUDOS POSTERIORES PRETENDE-SE RECORRER TAMBÉM A PESQUISAS DE CAMPO E ANÁLISES LABORATORIAIS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.