Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A IMPORTÂNCIA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO PARA FORMAÇÃO DOCENTE: RELATO DE EXPERIÊNCIA EM UMA ESCOLA PÚBLICA NA CIDADE DE FORTALEZA – CE

Palavra-chaves: ESTÁGIO SUPERVISIONADO, TEORIA E PRÁTICA, FORMAÇÃO DOCENTE Comunicação Oral (CO) GT 01 - Formação de Professores Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

A DISCIPLINA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO POSSIBILITA UMA CORRELAÇÃO ENTRE A TEORIA E A PRÁTICA VIVENCIADA NO COTIDIANO ESCOLAR. O OBJETIVO DESTE TRABALHO É RELATAR OS PROCESSOS DO ESTÁGIO E SUAS VIVÊNCIAS EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO LOCALIZADA EM FORTALEZA – CEARÁ, ATRAVÉS DAS RELAÇÕES ENTRE AS TEORIAS DISCUTIDAS COM AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS EXERCIDAS EM SALA DE AULA. A METODOLOGIA CONSTOU DE UMA ETAPA DE GABINETE, ONDE FOI REALIZADO O LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO DE TEXTOS QUE ABORDAM A TEMÁTICA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO E OUTRA COMO ESTAGIÁRIO/PROFESSOR, ONDE FORAM REALIZADAS AS ATIVIDADES DE PLANEJAMENTO, OBSERVAÇÃO E REGÊNCIA. AO DECORRER DO ESTÁGIO FOI OBSERVADO QUE O PLANEJAMENTO É ESSENCIAL PARA A ROTINA DO PROFESSOR, SENDO UM GUIA DAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E CONTEÚDOS AS SEREM MINISTRADO. SOBRE A OBSERVAÇÃO, ALGUMAS QUESTÕES PERTINENTES SURGIRAM NO DECORRER DESTA ETAPA: O QUE SE DEVE OBSERVA? A POSTURA DO PROFESSOR, OS ALUNOS, A ESCOLA? QUAL A POSTURA QUE O ESTAGIÁRIO E FUTURO PROFESSOR TERÁ QUE POSSUIR EM SALA DE AULA? A ETAPA DE REGÊNCIA APRESENTA OUTRAS INQUIETAÇÕES, POIS RELACIONAR A PRÁTICA E A TEORIA NÃO É FÁCIL, UMA VEZ QUE A SALA DE AULA “FOGE” DA ZONA DE CONFORTO DA ACADEMIA. NO DECORRER DO ESTAGIO, NOTOU-SE QUE CADA PROFISSIONAL ADQUIRE A SUA POSTURA DURANTE SEUS ANOS NA DOCÊNCIA, ESTANDO EM CONSTANTE EVOLUÇÃO. SER PROFESSOR NÃO É FÁCIL, PRINCIPALMENTE NA CONJUNTURA POLÍTICA ATUAL, SENDO CADA VEZ MAIS NECESSÁRIA A BUSCA DE APRIMORAMENTO, DESDE O ALUNO RECÉM-SAÍDO DA GRADUAÇÃO ATÉ AQUELE PROFESSOR COM ANOS DE PROFISSÃO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.