Artigo Anais IV CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

INFLUÊNCIA DO AMBIENTE FAMILIAR NO TRATAMENTO DE OBESIDADE EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES: UMA REVISÃO DE LITERATURA

Palavra-chaves: OBESIDADE, TRATAMENTO, AMBIENTE DOMÉSTICO, HÁBITOS DE VIDA Pôster (PO) AT 10: Ciências da Saúde: abordagens na pesquisa e no ensino
"2019-09-02 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 56925
    "edicao_id" => 110
    "trabalho_id" => 607
    "inscrito_id" => 2267
    "titulo" => "INFLUÊNCIA DO AMBIENTE FAMILIAR NO TRATAMENTO DE OBESIDADE EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES: UMA REVISÃO DE LITERATURA"
    "resumo" => """
      RESUMO\r\n
      \r\n
      INTRODUÇÃO: A OBESIDADE É UM DISTÚRBIO NUTRICIONAL E METABÓLICO CARACTERIZADO PELO ACÚMULO DE GORDURA ORGANISMO, CAUSANDO AUMENTO DE PESO E ACOMETENDO DIVERSAS FAIXAS ETÁRIAS, ESPECIALMENTE CRIANÇAS. A FAMÍLIA TEM UM PAPEL CRUCIAL NA MANUTENÇÃO DA SAÚDE INFANTIL, SENDO A UNIDADE DE CUIDADO QUE MAIS INFLUÊNCIA NOS HÁBITOS DE VIDA DA CRIANÇA, INCLUSIVE NA ALIMENTAÇÃO, SENDO RESPONSÁVEL PELA FORMAÇÃO DOS HÁBITOS ALIMENTARES E PELO CUIDADO COM A QUALIDADE DE VIDA DA CRIANÇA.  OBJETIVO: ANALISAR A INFLUÊNCIA DO AMBIENTE FAMILIAR EM RELAÇÃO A OBESIDADE EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES. METODOLOGIA: TRATA-SE DE UMA REVISÃO INTEGRATIVA QUE ANALISOU, ENTRE MAIO E JUNHO DE 2019, 101 ARTIGOS PUBLICADOS NA ÍNTEGRA NAS BASES DE DADOS LILACS, SCIELO E MEDLINE QUE FORAM PUBLICADOS ENTRE OS ANOS DE 2013 A 2019. APÓS LEITURA EXAUSTIVA E APLICAÇÃO DOS CRITÉRIOS DE INCLUSÃO E EXCLUSÃO, 05 ARTIGOS FORAM UTILIZADOS. RESULTADOS E DISCUSSÕES. IDENTIFICOU-SE QUE O NÃO-TRATAMENTO RELACIONA-SE À DIFICULDADE EM FREQUENTAR CONSULTAS, ÀS ATIVIDADES DOS PACIENTES E DOS PAIS, NÃO-ADESÃO AO TRATAMENTO, À INSATISFAÇÃO COM O RESULTADO E, EM MENOR NÚMERO, À DIFICULDADE DE AGENDAMENTO. A REGIÃO OBESOGÊNICA QUE ENGLOBA OS AMBIENTES FREQUENTADOS PELA CRIANÇA E ADOLESCENTE E A FALTA DE EXEMPLO FAMILIAR TAMBÉM EXERCE PAPEL DECISIVO SOBRE O EXCESSO DE PESO. CONSIDERAÇÕES FINAIS: FAZ-SE NECESSÁRIO IDENTIFICAR E INTERVIR NAS DEMANDAS FAMILIARES APRESENTADAS NOS ESTUDOS, VISANDO SANAR O PROBLEMA DA NÃO-ADESÃO À MODIFICAÇÃO DOS HÁBITOS DE VIDA POR TODA A FAMÍLIA, UMA VEZ QUE O AMBIENTE DOMÉSTICO NO QUAL O PACIENTE ESTÁ INSERIDO É FATOR DECISIVO PARA A CONTINUIDADE DO CUIDADO.\r\n
      \r\n
      PALAVRAS-CHAVE: OBESIDADE. TRATAMENTO. AMBIENTE DOMÉSTICO. HÁBITOS DE VIDA.
      """
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 10: Ciências da Saúde: abordagens na pesquisa e no ensino"
    "palavra_chave" => "OBESIDADE, TRATAMENTO, AMBIENTE DOMÉSTICO, HÁBITOS DE VIDA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV126_MD4_SA10_ID2267_03072019215420.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:23:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "SELMA AIRES MONTEIRO GALDINO"
    "autor_nome_curto" => "SELMA"
    "autor_email" => "selmamg17@gmail.com"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONAPESC"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2019"
    "edicao_logo" => "5e49fc4622961_16022020233654.png"
    "edicao_capa" => "5f1841846340e_22072020103916.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-09-02 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 56925
    "edicao_id" => 110
    "trabalho_id" => 607
    "inscrito_id" => 2267
    "titulo" => "INFLUÊNCIA DO AMBIENTE FAMILIAR NO TRATAMENTO DE OBESIDADE EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES: UMA REVISÃO DE LITERATURA"
    "resumo" => """
      RESUMO\r\n
      \r\n
      INTRODUÇÃO: A OBESIDADE É UM DISTÚRBIO NUTRICIONAL E METABÓLICO CARACTERIZADO PELO ACÚMULO DE GORDURA ORGANISMO, CAUSANDO AUMENTO DE PESO E ACOMETENDO DIVERSAS FAIXAS ETÁRIAS, ESPECIALMENTE CRIANÇAS. A FAMÍLIA TEM UM PAPEL CRUCIAL NA MANUTENÇÃO DA SAÚDE INFANTIL, SENDO A UNIDADE DE CUIDADO QUE MAIS INFLUÊNCIA NOS HÁBITOS DE VIDA DA CRIANÇA, INCLUSIVE NA ALIMENTAÇÃO, SENDO RESPONSÁVEL PELA FORMAÇÃO DOS HÁBITOS ALIMENTARES E PELO CUIDADO COM A QUALIDADE DE VIDA DA CRIANÇA.  OBJETIVO: ANALISAR A INFLUÊNCIA DO AMBIENTE FAMILIAR EM RELAÇÃO A OBESIDADE EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES. METODOLOGIA: TRATA-SE DE UMA REVISÃO INTEGRATIVA QUE ANALISOU, ENTRE MAIO E JUNHO DE 2019, 101 ARTIGOS PUBLICADOS NA ÍNTEGRA NAS BASES DE DADOS LILACS, SCIELO E MEDLINE QUE FORAM PUBLICADOS ENTRE OS ANOS DE 2013 A 2019. APÓS LEITURA EXAUSTIVA E APLICAÇÃO DOS CRITÉRIOS DE INCLUSÃO E EXCLUSÃO, 05 ARTIGOS FORAM UTILIZADOS. RESULTADOS E DISCUSSÕES. IDENTIFICOU-SE QUE O NÃO-TRATAMENTO RELACIONA-SE À DIFICULDADE EM FREQUENTAR CONSULTAS, ÀS ATIVIDADES DOS PACIENTES E DOS PAIS, NÃO-ADESÃO AO TRATAMENTO, À INSATISFAÇÃO COM O RESULTADO E, EM MENOR NÚMERO, À DIFICULDADE DE AGENDAMENTO. A REGIÃO OBESOGÊNICA QUE ENGLOBA OS AMBIENTES FREQUENTADOS PELA CRIANÇA E ADOLESCENTE E A FALTA DE EXEMPLO FAMILIAR TAMBÉM EXERCE PAPEL DECISIVO SOBRE O EXCESSO DE PESO. CONSIDERAÇÕES FINAIS: FAZ-SE NECESSÁRIO IDENTIFICAR E INTERVIR NAS DEMANDAS FAMILIARES APRESENTADAS NOS ESTUDOS, VISANDO SANAR O PROBLEMA DA NÃO-ADESÃO À MODIFICAÇÃO DOS HÁBITOS DE VIDA POR TODA A FAMÍLIA, UMA VEZ QUE O AMBIENTE DOMÉSTICO NO QUAL O PACIENTE ESTÁ INSERIDO É FATOR DECISIVO PARA A CONTINUIDADE DO CUIDADO.\r\n
      \r\n
      PALAVRAS-CHAVE: OBESIDADE. TRATAMENTO. AMBIENTE DOMÉSTICO. HÁBITOS DE VIDA.
      """
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 10: Ciências da Saúde: abordagens na pesquisa e no ensino"
    "palavra_chave" => "OBESIDADE, TRATAMENTO, AMBIENTE DOMÉSTICO, HÁBITOS DE VIDA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV126_MD4_SA10_ID2267_03072019215420.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:23:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "SELMA AIRES MONTEIRO GALDINO"
    "autor_nome_curto" => "SELMA"
    "autor_email" => "selmamg17@gmail.com"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONAPESC"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2019"
    "edicao_logo" => "5e49fc4622961_16022020233654.png"
    "edicao_capa" => "5f1841846340e_22072020103916.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-09-02 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 02 de setembro de 2019

Resumo

RESUMO INTRODUÇÃO: A OBESIDADE É UM DISTÚRBIO NUTRICIONAL E METABÓLICO CARACTERIZADO PELO ACÚMULO DE GORDURA ORGANISMO, CAUSANDO AUMENTO DE PESO E ACOMETENDO DIVERSAS FAIXAS ETÁRIAS, ESPECIALMENTE CRIANÇAS. A FAMÍLIA TEM UM PAPEL CRUCIAL NA MANUTENÇÃO DA SAÚDE INFANTIL, SENDO A UNIDADE DE CUIDADO QUE MAIS INFLUÊNCIA NOS HÁBITOS DE VIDA DA CRIANÇA, INCLUSIVE NA ALIMENTAÇÃO, SENDO RESPONSÁVEL PELA FORMAÇÃO DOS HÁBITOS ALIMENTARES E PELO CUIDADO COM A QUALIDADE DE VIDA DA CRIANÇA. OBJETIVO: ANALISAR A INFLUÊNCIA DO AMBIENTE FAMILIAR EM RELAÇÃO A OBESIDADE EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES. METODOLOGIA: TRATA-SE DE UMA REVISÃO INTEGRATIVA QUE ANALISOU, ENTRE MAIO E JUNHO DE 2019, 101 ARTIGOS PUBLICADOS NA ÍNTEGRA NAS BASES DE DADOS LILACS, SCIELO E MEDLINE QUE FORAM PUBLICADOS ENTRE OS ANOS DE 2013 A 2019. APÓS LEITURA EXAUSTIVA E APLICAÇÃO DOS CRITÉRIOS DE INCLUSÃO E EXCLUSÃO, 05 ARTIGOS FORAM UTILIZADOS. RESULTADOS E DISCUSSÕES. IDENTIFICOU-SE QUE O NÃO-TRATAMENTO RELACIONA-SE À DIFICULDADE EM FREQUENTAR CONSULTAS, ÀS ATIVIDADES DOS PACIENTES E DOS PAIS, NÃO-ADESÃO AO TRATAMENTO, À INSATISFAÇÃO COM O RESULTADO E, EM MENOR NÚMERO, À DIFICULDADE DE AGENDAMENTO. A REGIÃO OBESOGÊNICA QUE ENGLOBA OS AMBIENTES FREQUENTADOS PELA CRIANÇA E ADOLESCENTE E A FALTA DE EXEMPLO FAMILIAR TAMBÉM EXERCE PAPEL DECISIVO SOBRE O EXCESSO DE PESO. CONSIDERAÇÕES FINAIS: FAZ-SE NECESSÁRIO IDENTIFICAR E INTERVIR NAS DEMANDAS FAMILIARES APRESENTADAS NOS ESTUDOS, VISANDO SANAR O PROBLEMA DA NÃO-ADESÃO À MODIFICAÇÃO DOS HÁBITOS DE VIDA POR TODA A FAMÍLIA, UMA VEZ QUE O AMBIENTE DOMÉSTICO NO QUAL O PACIENTE ESTÁ INSERIDO É FATOR DECISIVO PARA A CONTINUIDADE DO CUIDADO. PALAVRAS-CHAVE: OBESIDADE. TRATAMENTO. AMBIENTE DOMÉSTICO. HÁBITOS DE VIDA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.