Artigo Anais IV CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

ESTUDO DOS PARÂMETROS FÍSICO-QUÍMICOS E TEORES DE FERRO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS DO MACIÇO DE BATURITÉ

Palavra-chaves: ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, QUALIDADE DA ÁGUA, PARÂMETROS FÍSICO-QUÍMICOS Pôster (PO) AT 03: Novas abordagens na pesquisa e no ensino de Química
"2019-09-02 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 56832
    "edicao_id" => 110
    "trabalho_id" => 927
    "inscrito_id" => 1859
    "titulo" => "ESTUDO DOS PARÂMETROS FÍSICO-QUÍMICOS E TEORES DE FERRO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS DO MACIÇO DE BATURITÉ"
    "resumo" => "DEVIDO À INSUFICIÊNCIA DA DISPONIBILIDADE NATURAL DE ÁGUA NAS BACIAS DOS RIOS INTERMITENTES NO MACIÇO DE BATURITÉ, PROPRIETÁRIOS RURAIS PASSARAM A PERFURAR POÇOS FREÁTICOS E ARTESIANOS PARA UTILIZAREM A ÁGUA SUBTERRÂNEA. EM MUITOS LOCAIS, ESTES POÇOS SÃO A ÚNICA FONTE DE ABASTECIMENTO E SUAS ÁGUAS SÃO UTILIZADAS PARA DIVERSOS FINS, INCLUINDO CONSUMO, PELA POPULAÇÃO. NESSE CONTEXTO, ESTE TRABALHO TEVE COMO OBJETIVO A DETERMINAÇÃO E AVALIAÇÃO DOS PARÂMETROS FÍSICO-QUÍMICOS E TEORES DE FERRO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, UTILIZADAS PARA CONSUMO HUMANO, CAPTADAS ATRAVÉS DE POÇOS ARTESIANOS LOCALIZADOS EM ÁREAS DA ZONA URBANA DA REGIÃO DO MACIÇO DE BATURITÉ. AS ANÁLISES FORAM FEITAS POR AMOSTRAGEM EM TRIPLICATA E OS PARÂMETROS FORAM DETERMINADOS ATRAVÉS DE TITULAÇÕES VOLUMÉTRICAS, ESPECTROFOTOMETRIA UV/VIS E CONDUTIMETRIA. AS AMOSTRAS FORAM COLETADAS EM DOIS PERÍODOS DISTINTOS: SECO E CHUVOSO. A PARTIR DAS ANÁLISES E COMPARAÇÕES ENTRE OS DOIS PERÍODOS FOI POSSÍVEL PERCEBER QUE HOUVE REDUÇÃO EM GRANDE PARTE DOS PARÂMETROS ANALISADOS APÓS O PERÍODO CHUVOSO. NA MAIORIA DOS PONTOS DE COLETA ELES ESTAVAM DENTRO DOS VALORES MÁXIMOS PERMITIDOS PELA PORTARIA Nº 5/2017 DO MINISTÉRIO DA SAÚDE E A RESOLUÇÃO CONAMA Nº 396 DE 2008, QUE SÃO AS LEGISLAÇÕES FEDERAIS VIGENTES, CARACTERIZANDO SUAS ÁGUAS COMO APROPRIADAS PARA O CONSUMO DA POPULAÇÃO."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 03: Novas abordagens na pesquisa e no ensino de Química"
    "palavra_chave" => "ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, QUALIDADE DA ÁGUA, PARÂMETROS FÍSICO-QUÍMICOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV126_MD4_SA3_ID1859_01082019145743.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:23:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "EVELINE DE ABREU MENEZES"
    "autor_nome_curto" => "EVELINE MENEZES"
    "autor_email" => "eveline@unilab.edu.br"
    "autor_ies" => "UNILAB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONAPESC"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2019"
    "edicao_logo" => "5e49fc4622961_16022020233654.png"
    "edicao_capa" => "5f1841846340e_22072020103916.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-09-02 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 56832
    "edicao_id" => 110
    "trabalho_id" => 927
    "inscrito_id" => 1859
    "titulo" => "ESTUDO DOS PARÂMETROS FÍSICO-QUÍMICOS E TEORES DE FERRO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS DO MACIÇO DE BATURITÉ"
    "resumo" => "DEVIDO À INSUFICIÊNCIA DA DISPONIBILIDADE NATURAL DE ÁGUA NAS BACIAS DOS RIOS INTERMITENTES NO MACIÇO DE BATURITÉ, PROPRIETÁRIOS RURAIS PASSARAM A PERFURAR POÇOS FREÁTICOS E ARTESIANOS PARA UTILIZAREM A ÁGUA SUBTERRÂNEA. EM MUITOS LOCAIS, ESTES POÇOS SÃO A ÚNICA FONTE DE ABASTECIMENTO E SUAS ÁGUAS SÃO UTILIZADAS PARA DIVERSOS FINS, INCLUINDO CONSUMO, PELA POPULAÇÃO. NESSE CONTEXTO, ESTE TRABALHO TEVE COMO OBJETIVO A DETERMINAÇÃO E AVALIAÇÃO DOS PARÂMETROS FÍSICO-QUÍMICOS E TEORES DE FERRO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, UTILIZADAS PARA CONSUMO HUMANO, CAPTADAS ATRAVÉS DE POÇOS ARTESIANOS LOCALIZADOS EM ÁREAS DA ZONA URBANA DA REGIÃO DO MACIÇO DE BATURITÉ. AS ANÁLISES FORAM FEITAS POR AMOSTRAGEM EM TRIPLICATA E OS PARÂMETROS FORAM DETERMINADOS ATRAVÉS DE TITULAÇÕES VOLUMÉTRICAS, ESPECTROFOTOMETRIA UV/VIS E CONDUTIMETRIA. AS AMOSTRAS FORAM COLETADAS EM DOIS PERÍODOS DISTINTOS: SECO E CHUVOSO. A PARTIR DAS ANÁLISES E COMPARAÇÕES ENTRE OS DOIS PERÍODOS FOI POSSÍVEL PERCEBER QUE HOUVE REDUÇÃO EM GRANDE PARTE DOS PARÂMETROS ANALISADOS APÓS O PERÍODO CHUVOSO. NA MAIORIA DOS PONTOS DE COLETA ELES ESTAVAM DENTRO DOS VALORES MÁXIMOS PERMITIDOS PELA PORTARIA Nº 5/2017 DO MINISTÉRIO DA SAÚDE E A RESOLUÇÃO CONAMA Nº 396 DE 2008, QUE SÃO AS LEGISLAÇÕES FEDERAIS VIGENTES, CARACTERIZANDO SUAS ÁGUAS COMO APROPRIADAS PARA O CONSUMO DA POPULAÇÃO."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 03: Novas abordagens na pesquisa e no ensino de Química"
    "palavra_chave" => "ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, QUALIDADE DA ÁGUA, PARÂMETROS FÍSICO-QUÍMICOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV126_MD4_SA3_ID1859_01082019145743.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:23:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "EVELINE DE ABREU MENEZES"
    "autor_nome_curto" => "EVELINE MENEZES"
    "autor_email" => "eveline@unilab.edu.br"
    "autor_ies" => "UNILAB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conapesc"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONAPESC"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2019"
    "edicao_logo" => "5e49fc4622961_16022020233654.png"
    "edicao_capa" => "5f1841846340e_22072020103916.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-09-02 00:00:00"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 02 de setembro de 2019

Resumo

DEVIDO À INSUFICIÊNCIA DA DISPONIBILIDADE NATURAL DE ÁGUA NAS BACIAS DOS RIOS INTERMITENTES NO MACIÇO DE BATURITÉ, PROPRIETÁRIOS RURAIS PASSARAM A PERFURAR POÇOS FREÁTICOS E ARTESIANOS PARA UTILIZAREM A ÁGUA SUBTERRÂNEA. EM MUITOS LOCAIS, ESTES POÇOS SÃO A ÚNICA FONTE DE ABASTECIMENTO E SUAS ÁGUAS SÃO UTILIZADAS PARA DIVERSOS FINS, INCLUINDO CONSUMO, PELA POPULAÇÃO. NESSE CONTEXTO, ESTE TRABALHO TEVE COMO OBJETIVO A DETERMINAÇÃO E AVALIAÇÃO DOS PARÂMETROS FÍSICO-QUÍMICOS E TEORES DE FERRO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, UTILIZADAS PARA CONSUMO HUMANO, CAPTADAS ATRAVÉS DE POÇOS ARTESIANOS LOCALIZADOS EM ÁREAS DA ZONA URBANA DA REGIÃO DO MACIÇO DE BATURITÉ. AS ANÁLISES FORAM FEITAS POR AMOSTRAGEM EM TRIPLICATA E OS PARÂMETROS FORAM DETERMINADOS ATRAVÉS DE TITULAÇÕES VOLUMÉTRICAS, ESPECTROFOTOMETRIA UV/VIS E CONDUTIMETRIA. AS AMOSTRAS FORAM COLETADAS EM DOIS PERÍODOS DISTINTOS: SECO E CHUVOSO. A PARTIR DAS ANÁLISES E COMPARAÇÕES ENTRE OS DOIS PERÍODOS FOI POSSÍVEL PERCEBER QUE HOUVE REDUÇÃO EM GRANDE PARTE DOS PARÂMETROS ANALISADOS APÓS O PERÍODO CHUVOSO. NA MAIORIA DOS PONTOS DE COLETA ELES ESTAVAM DENTRO DOS VALORES MÁXIMOS PERMITIDOS PELA PORTARIA Nº 5/2017 DO MINISTÉRIO DA SAÚDE E A RESOLUÇÃO CONAMA Nº 396 DE 2008, QUE SÃO AS LEGISLAÇÕES FEDERAIS VIGENTES, CARACTERIZANDO SUAS ÁGUAS COMO APROPRIADAS PARA O CONSUMO DA POPULAÇÃO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.