Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

EDUCAR A CONTROLAR: O CUIDAR DE ENFERMAGEM AO HIPERTENSO EM VISITA DOMICILIAR

Palavra-chaves: HIPERTENSÃO ARTERIAL, VISITA DOMICILIAR, ENFERMAGEM. Relato de Experiência(RE) Enfermagem
"2014-04-09 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 5671
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 877
    "inscrito_id" => 505
    "titulo" => "EDUCAR A CONTROLAR: O CUIDAR DE ENFERMAGEM AO HIPERTENSO EM VISITA DOMICILIAR"
    "resumo" => "A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é uma doença crônica não transmissível que acomete cerca da metade da população acima de 50 anos no Brasil. Nesse contexto, evidencia-se a necessidade de atuar junto a essa população na promoção da saúde, prevenção, tratamento e reabilitação de doenças e agravos. Essas necessidades podem ser atendidas através da visita domiciliar (VD) que constitui um instrumento de atenção à saúde, proporcionando conhecimento da realidade do indivíduo e sua família in loco, fortalecendo os vínculos do paciente, da terapêutica e do profissional. OBJETIVO: Promover adesão ao tratamento farmacológico de uma usuária portadora de HAS através da VD."
    "modalidade" => "Relato de Experiência(RE)"
    "area_tematica" => "Enfermagem"
    "palavra_chave" => "HIPERTENSÃO ARTERIAL, VISITA DOMICILIAR, ENFERMAGEM."
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_3datahora_05_05_2014_13_55_05_idinscrito_505_24b70c56f3a0e2c90d2aebbd6260749e.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "SHAYANE BEZERRA DOS SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "SHAYANE BEZERRA"
    "autor_email" => "shayane_santos@hotmail.co"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI - URCA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 5671
    "edicao_id" => 17
    "trabalho_id" => 877
    "inscrito_id" => 505
    "titulo" => "EDUCAR A CONTROLAR: O CUIDAR DE ENFERMAGEM AO HIPERTENSO EM VISITA DOMICILIAR"
    "resumo" => "A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é uma doença crônica não transmissível que acomete cerca da metade da população acima de 50 anos no Brasil. Nesse contexto, evidencia-se a necessidade de atuar junto a essa população na promoção da saúde, prevenção, tratamento e reabilitação de doenças e agravos. Essas necessidades podem ser atendidas através da visita domiciliar (VD) que constitui um instrumento de atenção à saúde, proporcionando conhecimento da realidade do indivíduo e sua família in loco, fortalecendo os vínculos do paciente, da terapêutica e do profissional. OBJETIVO: Promover adesão ao tratamento farmacológico de uma usuária portadora de HAS através da VD."
    "modalidade" => "Relato de Experiência(RE)"
    "area_tematica" => "Enfermagem"
    "palavra_chave" => "HIPERTENSÃO ARTERIAL, VISITA DOMICILIAR, ENFERMAGEM."
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_3datahora_05_05_2014_13_55_05_idinscrito_505_24b70c56f3a0e2c90d2aebbd6260749e.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:51"
    "updated_at" => "2020-06-09 19:08:39"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "SHAYANE BEZERRA DOS SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "SHAYANE BEZERRA"
    "autor_email" => "shayane_santos@hotmail.co"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI - URCA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-conacis"
    "edicao_nome" => "Anais CONACIS"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional Ciências da Saúde"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conacis/2014"
    "edicao_logo" => "5e48b0ffd111d_16022020000327.png"
    "edicao_capa" => "5f183ea35f5aa_22072020102659.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-04-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 15
    "publicacao_nome" => "Revista CONACIS"
    "publicacao_codigo" => "2358-0186"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é uma doença crônica não transmissível que acomete cerca da metade da população acima de 50 anos no Brasil. Nesse contexto, evidencia-se a necessidade de atuar junto a essa população na promoção da saúde, prevenção, tratamento e reabilitação de doenças e agravos. Essas necessidades podem ser atendidas através da visita domiciliar (VD) que constitui um instrumento de atenção à saúde, proporcionando conhecimento da realidade do indivíduo e sua família in loco, fortalecendo os vínculos do paciente, da terapêutica e do profissional. OBJETIVO: Promover adesão ao tratamento farmacológico de uma usuária portadora de HAS através da VD.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.