Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

Visualizações: 239
ANÁLISE DESCRITIVA DA SITUAÇÃO DE ENCERRAMENTO DOS CASOS DE TUBERCULOSE NO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE - PB (2010-2012)

Palavra-chaves: TUBERCULOSE, SITUAÇÃO DE ENCERRAMENTO, SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA Tema Livre (TL) Saúde Pública Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

A tuberculose (TB) é considerada um problema de saúde pública mundial, o qual atinge elevados índices epidemiológicos. Com o intuito de controlar a doença o Ministério da Saúde (MS) adotou para o país as metas priorizadas pela World Health Organization (WHO) que inclui: curar 85% dos casos; reduzir a taxa de abando para percentuais inferiores a 5%; evitar o surgimento de bacilos resistentes e reduzir a mortalidade. Objetivou-se investigar a situação de encerramento dos casos de Tuberculose no Município de Campina Grande- PB, no período de 2010 à 2012. Os dados analisados foram coletados do portal do Sistema de Informação de Agravos e Notificação (Sinan) na versão online, disponibilizada na página do SUS/MS. As variáveis utilizadas foram: ignorados ou brancos, cura, abandono, óbitos por TB, óbitos por outras causas, transferência e multirresistência. Foram analisados 408 casos de TB referentes ao período estudado. A cura atingiu índices máximos de 64,4% nos anos de 2011 a 2012 e menor índice de 10,8% em 2010. O abandono atingiu taxas máximas de 25,5% em 2011 e menores taxas de 6,5% em 2010. As taxas de óbito atingiram 7% dos casos notificados, sendo que 2,9% estão relacionados à TB e 4,1% a outras causas. Observou-se que as taxas de cura foram inferiores e as taxas de abandono superiores as metas pactuadas pelo MS/WHO. As taxas de transferência e ignorados ou brancos apresentam-se elevados, podendo relacionar-se a falha de notificação do sistema de vigilância epidemiológica. Desta forma, verifica-se que nenhuma das variáveis alcançaram as meta preconizada pelo MS/WHO, o que merece atenção especial por parte dos gestores e profissionais da saúde, para investirem continuamente na qualidade dos sistemas de informação em saúde, e acompanhar e monitorar os casos de TB, com o intuito de aumentar a cura e minimizar o abandono. Visando a redução dos índices de morbimortalidade da TB no município.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.