Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

Visualizações: 159
TIPIFICAÇÃO DAS AGRESSÕES SOFRIDAS PELAS MULHERES DA CIDADE DE JUAZEIRO DO NORTE – CEARÁ

Palavra-chaves: VIOLÊNCIA DOMÉSTICA, MULHERES, REPREPRESENTAÇÕES SOCIAIS. Tema Livre (TL) Enfermagem

Resumo

A violência de gênero apresenta-se no Brasil como um sério problema social e como violação dos direitos humanos. O crescimento dessa violência e das denúncias por parte das mulheres agredidas, resultaram na criação de vários serviços de atendimentos, como as Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAMs) que se constitui em uma das principais políticas públicas destinadas às mulheres em situação de violência. Portanto, esta pesquisa teve como objetivos: Identificar os principais tipos de violência sofrida pelas mulheres. Para tanto, realizou-se um estudo do tipo exploratório de natureza quantitativa. As informações foram coletadas na DEAM da cidade de Juazeiro do Norte. Para o levantamento de dados foram utilizadas consultas aos inquéritos policiais por meio de um formulário, nos anos de 2006 a 2012. Foi feito o contato com a delegada responsável, disponibilizando uma cópia do projeto e solicitando a sua anuência. Os dados foram organizados por meio de planilhas do Excel, apresentados em tabelas e gráficos e analisados de forma interpretativa comparada à literatura. As agressões foram tipificadas nas seguintes categorias: física, psicológica, moral, patrimonial, sexual, tentativa de homicídio, homicídio e outros. No período estudado existiram um total de 2.423 inquéritos, dos quais os maiores índices foram de 910 agressões físicas e 879 psicológicas, seguidas de 278 agressões Morais e 135 Patrimoniais. Percebeu-se como está tão presente a dominação e submissão de gênero e sua relação com a violência. Os dados podem colaborar para ampliação do debate em torno da violência de gênero em uma área endêmica como o Cariri cearense.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.