Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

Visualizações: 180
PROMOÇÃO DA SAÚDE NA MINERAÇÃO: UMA REVISÃO DA LITERATURA

Palavra-chaves: PROMOÇÃO DA SAÚDE, MINERAÇÃO, RISCO OCUPACIONAL Pôster (PO) Enfermagem

Resumo

Introdução: O processo de trabalho na mineração é repleto de peculiaridades. Tais características expõem os trabalhadores a riscos diversos, o que pode conduzi-los ao adoecimento. Riscos químicos, físicos, mecânicos, biológicos e ergonômicos são comumente citados quando se fala no setor extrativista mineral. Distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho, problemas auditivos, câncer, pneumoconioses, tuberculose, asma ocupacional, dermatoses, entre outras doenças são alguns dos agravantes desta exposição. Outrora, a ideia de evitar o adoecimento das pessoas e prover diagnóstico e tratamento precoce, na prerrogativa de extinguir ou minimizar sequelas vem sendo discutida, porém, pouco aplicada. Neste cenário, se faz oportuno implementar os princípios da prevenção e promoção da saúde, especialmente no setor de mineração, pois são intervenções fundamentais para a melhoria dos indicadores de saúde e da qualidade de vida do população trabalhadora. Objetivo: Identificar a produção científica publicada em bases indexadas sobre promoção da saúde, prevenção de riscos e doenças na mineração, por meio das iniciativas relatadas quanto às intervenções no setor. Método: Revisão integrativa de literatura, com busca na Biblioteca Virtual em Saúde, utilizando como principal termo o descritor “mineração”, seguido por um dos seguintes descritores: “prevenção primária”, “prevenção de acidentes”, “promoção da saúde” ou “promoção em saúde”. Ao todo, foram encontrados 154 estudos científicos. Com base nos critérios de inclusão e exclusão, chegamos a 14 artigos. Resultados: A maioria dos estudos foi publicada em inglês (92,9%) e nos últimos 3 anos (64,3%). Quanto ao tipo de pesquisa, a maior parte caracterizou-se como estudo de caso e pesquisa aplicada (21,5%, cada). Considerando o enfoque principal, enquadraram-se em 3 abordagens temáticas: estratégias de promoção da saúde e prevenção de riscos (42,9%), riscos ocupacionais (42,9%) e efeitos sobre a saúde (14,2%), com variadas contribuições ao campo da promoção da saúde e da prevenção de riscos e doenças. Conclusão: Com tantas possibilidades, mostra-se indispensável implementar ações de prevenção e promoção da saúde na mineração.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.