Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

Visualizações: 206
UTILIZAÇÃO DA AVEIA X ÍNDICE GLICÊMICO

Palavra-chaves: NUTRIÇÃO, ALIMENTOS, ÍNDICE GLICÊMICO Pôster (PO) Nutrição

Resumo

O conceito de índice glicêmico pode ser considerado uma extensão da hipótese da fibra dietética, sugerindo que a absorção lenta dos nutrientes de alguns alimentos seria benéfica á saúde. O índice glicêmico da dieta habitual é um indicador da qualidade do carboidrato da dieta consumida. Sabe-se que dietas com baixo índice glicêmico promovem sensação de saciedade, prolongando o período de reincidência da fome e reduzindo o consumo calórico nas refeições subsequente. Logo após sua criação, este índice passou a ser considerado como importante ferramenta no tratamento e no controle do diabetes mellitus. Sua utilização também foi sugerida para pacientes com doenças cardiovasculares, ou com risco de desenvolvimento destas, uma vez que a redução da glicemia e da insulinemia pós-prandial é desejável no controle e na prevenção do desenvolvimento de tais doenças. Dessa forma o presente trabalho teve como objetivo avaliar o pão branco (padrão), e as diferentes formas de preparação da tapioca, com relação a sua capacidade de alteração da glicêmica. As análises de glicemia capilar ocorreram, em três dos 5 dias de procedimento, após a ingestão de 50 gramas de carboidrato a partir do alimento-controle (pão branco), o que corresponde a 86,1 gramas. Nos outros dias foram realizadas as aferições após consumo de tapioca comum e a tapioca com 20% de aveia. Através da análise dos níveis de glicose de jejum, de 14 alunos, durante cinco dias, buscou-se conhecer e avaliar a variação dos níveis glicêmicos em relação ao pão branco (considerado padrão), a tapioca de aveia e a tapioca comum. Os resultados mostram que a média de glicemia com relação ao pão branco foi de 176,78, em relação a tapioca comum foi de 74,12 e a tapioca com aveia foi 93,09. Dessa formo foi observado que o pão branco possui o maior índice glicêmico, a tapioca comum apresentou os menores índices glicêmicos em relação aos três alimentos analisados e a tapioca de aveia apresentou um índice menor que o pão branco e maior que a tapioca comum. De acordo com resultados encontrados, com relação ao consumo diário pão branco, por ser um alimento que apresenta alto índice glicêmico diminuem a sensibilidade à insulina, além de estarem associadas à hipertrigliceridemia e diminuição das concentrações plasmáticas de HDL-c. Por outro lado, dietas com baixos índice e carga glicêmica estão associadas a um menor risco de desenvolvimento de diabetes mellitus tipo 2, doenças cardiovasculares e certos tipos de câncer. Conclui-se que a tapioca comum pode ser considerada um alimento alternativo a ser consumido para pacientes que necessitam de uma dieta equilibrada de carboidratos, assim como a tapioca de aveia também pode ser considerada um alimento que também pode contribuir para o equilíbrio dos níveis glicêmicos, pois como afirmam alguns autores, por serem ricos em fibras e estas promoverem uma diminuição nos níveis de glicose.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.