Artigo Anais CONACIS

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-0186

Visualizações: 211
PRÁTICAS EDUCATIVAS DE PREVENÇÃO EM SAÚDE DA CRIANÇA: RELATO DE EXPERIÊNCIA EM UMA UNIDADE DE ENSINO INFANTIL (UEI) DA CIDADE DE MOSSORÓ-RN

Palavra-chaves: PRÁTICA EDUCATIVA, CRIANÇA, CIDADANIA Relato de Experiência(RE) Enfermagem Publicado em 09 de abril de 2014

Resumo

Diante da necessidade que o enfermeiro possui de estar lidando com os diversos públicos, visando a promoção da assistência à saúde e a abrangência de todos os ciclos da vida humana, necessitando de uma formação voltada para a integralidade do sujeito inserido em seu contexto social, lidando com todas as questões sociais e biológicas que permeiam o seu meio social e de que forma estas podem ser determinantes no processo saúde/doença da criança e do adolescente. A educação infantil deve ser um espaço pedagógico de oportunidades de convívio e participação dos alunos, professores e pais de forma flexível, acolhedora e dinâmica, favorecendo o desenvolvimento e a aprendizagem das crianças. Considerando a realidade apresentada pela cidade de Mossoró-RN relacionadas à disseminação acentuada da violência, especialmente nos bairros periféricos, foi priorizada a temática da cidadania para realização de prática educativa, uma vez que as crianças estão inseridas em um meio social onde a violência predomina marcada pelo tráfico de drogas e pela criminalidade. Foi desenvolvida uma ação na Unidade de Ensino Infantil (UEI) no bairro Aeroporto II na cidade de Mossoró-RN, discorrendo sobre a importância da cidadania para as diversas relações, tanto no convívio familiar como no espaço social em geral, tendo, como objetivos: orientar sobre a importância em partilhar seus pertences, conscientizar sobre o modo correto de descartar o lixo e instruir sobre o respeito para com os colegas, os pais, professores e as pessoas mais velhas, mantendo o foco no lúdico como forma de estimular a apreensão do conteúdo. A ação contou com a presença de 80 crianças, entre a faixa etária de 3 a 5 anos, a diretoria e o corpo docente da instituição. Utilizou-se metodologia lúdica através de peça teatral com linguagem e músicas adequadas para este público, os discentes do 5º período da Faculdade de Enfermagem FAEN/UERN deram vida a personagens dos contos infantis, a saber: Fada Florzinha, Princesa Magia, Princesa Docinho, Príncipe Tiago, Princesa Lili e Fada da Amizade que representavam situações problematizadoras e instigaram a atenção e participação do público infantil. Trabalhar o tema cidadania na UEI proporcionou um aprendizado ímpar, pois, pode-se deparar com um público ansioso e ávido por novas descobertas, demonstrando a carência de práticas educacionais que desenvolvam uma metodologia de ensino voltada para o estímulo, tanto da criação quanto da imaginação, de modo que permita o envolvimento e o despertar da curiosidade sobre assuntos que são imprescindíveis para a estruturação de sua formação pessoal e social. Compreendeu-se que muito precisa ser executado para que haja uma educação continuada para as crianças, especialmente para as que estão inseridas em um contexto de constante violência e cercadas por diversos determinantes, que podem entrelaçar suas vidas a ponto de desconstruir tudo que outrora foi semeado em sua fase pré-escolar. Sendo assim, há o entendimento que este foi apenas o primeiro passo da interação entre Universidade e UEI, nessa empreitada do fortalecimento da cidadania.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.