Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

TAXA DE FILTRAÇÃO GLOMERULAR COMO FERRAMENTA PARA AVALIAÇÃO DO GRAU DE LESÃO RENAL EM IDOSOS

Palavra-chaves: IDOSOS, DRC, CREATININA, UREIA, UREIA Comunicação Oral (CO) AT 11: Envelhecimento e Interdisciplinaridade
"2019-06-26 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 54242
    "edicao_id" => 109
    "trabalho_id" => 828
    "inscrito_id" => 2281
    "titulo" => """
      TAXA DE FILTRAÇÃO GLOMERULAR COMO FERRAMENTA PARA\r\n
      AVALIAÇÃO DO GRAU DE LESÃO RENAL EM IDOSOS
      """
    "resumo" => """
      O AUMENTO DA POPULAÇÃO IDOSA NO MUNDO VEM ACONTECENDO COM DESTAQUE DESDE 1950, VINDO\r\n
      ENTÃO, BUSCANDO-SE MEIOS PARA MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA DESSAS PESSOAS E PARA CONTROLAR AS\r\n
      PATOLOGIAS QUE MAIS OS ACOMETEM. AS DOENÇAS RENAIS CRÔNICAS (DCR) OCORREM EM MAIOR\r\n
      PREVALÊNCIA EM IDOSOS TENDO DE EXTREMA IMPORTÂNCIA O SEU DIAGNÓSTICO PRECOCE, ATRAVÉS DAS\r\n
      DOSAGENS DOS MARCADORES RENAIS, EVITANDO ASSIM O AVANÇO DA LESÃO. O OBJETIVO DO PRESENTE\r\n
      TRABALHO É AVALIAR O RISCO DE DRC EM PACIENTES IDOSOS ATENDIDOS EM UM LABORATÓRIO CLÍNICO\r\n
      PRIVADO EM CAMPINA GRANDE – PB, ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO DAS DOSAGENS BIOQUÍMICAS DOS\r\n
      MARCADORES RENAIS COMO UREIA CREATININA, TAXA DE FILTRAÇÃO GLOMERULAR (TFG). A METODOLOGIA\r\n
      UTILIZADA REFERE-SE A UM ESTUDO QUANTITATIVO, EXPLICATIVO, DE CORTE TRANSVERSAL REALIZADO NO\r\n
      HEMOCLIN, COM POPULAÇÃO ALVO PACIENTES ACIMA DE 60 ANOS QUE REALIZARAM DOSAGENS DE UREIA,\r\n
      CREATININA E TFG NO PERÍODO DE JANEIRO A MARÇO DE 2019. DENTRE OS 129 PACIENTES ANALISADOS,\r\n
      AS MULHERES APRESENTARAM UMA MAIOR INCIDÊNCIA COM VALORES ALTERADOS DE UREIA 51,21% (42),\r\n
      DENTRE A POPULAÇÃO TOTAL DO ESTUDO 45,73% (59) INDICOU HIPERUREMIA MODERADA INDICANDO UMA\r\n
      REDUÇÃO DA ELIMINAÇÃO RENAL OU AUMENTO DO CATABOLISMO PROTÉICO, COM ESTE DOIS FATORES\r\n
      ASSOCIADOS. 76 PACIENTES (58,91%) TIVERAM UMA PEQUENA DIMINUIÇÃO DA CAPACIDADE DE\r\n
      FILTRAÇÃO GLOMERULAR, SENDO ENTÃO UM ALERTA PARA MAIORES CUIDADOS, BEM COMO MONITORAMENTO\r\n
      DA FUNÇÃO RENAL.
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 11: Envelhecimento e Interdisciplinaridade"
    "palavra_chave" => "IDOSOS, DRC, CREATININA, UREIA, UREIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV125_MD1_SA11_ID2281_30052019111644.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:53:30"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "KAROLAYNE DA SILVA BARBOSA ALVES"
    "autor_nome_curto" => "KAROLAYNE BARBOSA"
    "autor_email" => "karolayne_barbosa@hotmail"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais VI CIEH"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2019"
    "edicao_logo" => "5e49e780eec9b_16022020220816.png"
    "edicao_capa" => "5ee370c6dba9e_12062020091046.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-06-26 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 54242
    "edicao_id" => 109
    "trabalho_id" => 828
    "inscrito_id" => 2281
    "titulo" => """
      TAXA DE FILTRAÇÃO GLOMERULAR COMO FERRAMENTA PARA\r\n
      AVALIAÇÃO DO GRAU DE LESÃO RENAL EM IDOSOS
      """
    "resumo" => """
      O AUMENTO DA POPULAÇÃO IDOSA NO MUNDO VEM ACONTECENDO COM DESTAQUE DESDE 1950, VINDO\r\n
      ENTÃO, BUSCANDO-SE MEIOS PARA MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA DESSAS PESSOAS E PARA CONTROLAR AS\r\n
      PATOLOGIAS QUE MAIS OS ACOMETEM. AS DOENÇAS RENAIS CRÔNICAS (DCR) OCORREM EM MAIOR\r\n
      PREVALÊNCIA EM IDOSOS TENDO DE EXTREMA IMPORTÂNCIA O SEU DIAGNÓSTICO PRECOCE, ATRAVÉS DAS\r\n
      DOSAGENS DOS MARCADORES RENAIS, EVITANDO ASSIM O AVANÇO DA LESÃO. O OBJETIVO DO PRESENTE\r\n
      TRABALHO É AVALIAR O RISCO DE DRC EM PACIENTES IDOSOS ATENDIDOS EM UM LABORATÓRIO CLÍNICO\r\n
      PRIVADO EM CAMPINA GRANDE – PB, ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO DAS DOSAGENS BIOQUÍMICAS DOS\r\n
      MARCADORES RENAIS COMO UREIA CREATININA, TAXA DE FILTRAÇÃO GLOMERULAR (TFG). A METODOLOGIA\r\n
      UTILIZADA REFERE-SE A UM ESTUDO QUANTITATIVO, EXPLICATIVO, DE CORTE TRANSVERSAL REALIZADO NO\r\n
      HEMOCLIN, COM POPULAÇÃO ALVO PACIENTES ACIMA DE 60 ANOS QUE REALIZARAM DOSAGENS DE UREIA,\r\n
      CREATININA E TFG NO PERÍODO DE JANEIRO A MARÇO DE 2019. DENTRE OS 129 PACIENTES ANALISADOS,\r\n
      AS MULHERES APRESENTARAM UMA MAIOR INCIDÊNCIA COM VALORES ALTERADOS DE UREIA 51,21% (42),\r\n
      DENTRE A POPULAÇÃO TOTAL DO ESTUDO 45,73% (59) INDICOU HIPERUREMIA MODERADA INDICANDO UMA\r\n
      REDUÇÃO DA ELIMINAÇÃO RENAL OU AUMENTO DO CATABOLISMO PROTÉICO, COM ESTE DOIS FATORES\r\n
      ASSOCIADOS. 76 PACIENTES (58,91%) TIVERAM UMA PEQUENA DIMINUIÇÃO DA CAPACIDADE DE\r\n
      FILTRAÇÃO GLOMERULAR, SENDO ENTÃO UM ALERTA PARA MAIORES CUIDADOS, BEM COMO MONITORAMENTO\r\n
      DA FUNÇÃO RENAL.
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "AT 11: Envelhecimento e Interdisciplinaridade"
    "palavra_chave" => "IDOSOS, DRC, CREATININA, UREIA, UREIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV125_MD1_SA11_ID2281_30052019111644.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:52"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:53:30"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "KAROLAYNE DA SILVA BARBOSA ALVES"
    "autor_nome_curto" => "KAROLAYNE BARBOSA"
    "autor_email" => "karolayne_barbosa@hotmail"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais VI CIEH"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2019"
    "edicao_logo" => "5e49e780eec9b_16022020220816.png"
    "edicao_capa" => "5ee370c6dba9e_12062020091046.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-06-26 00:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 26 de junho de 2019

Resumo

O AUMENTO DA POPULAÇÃO IDOSA NO MUNDO VEM ACONTECENDO COM DESTAQUE DESDE 1950, VINDO ENTÃO, BUSCANDO-SE MEIOS PARA MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA DESSAS PESSOAS E PARA CONTROLAR AS PATOLOGIAS QUE MAIS OS ACOMETEM. AS DOENÇAS RENAIS CRÔNICAS (DCR) OCORREM EM MAIOR PREVALÊNCIA EM IDOSOS TENDO DE EXTREMA IMPORTÂNCIA O SEU DIAGNÓSTICO PRECOCE, ATRAVÉS DAS DOSAGENS DOS MARCADORES RENAIS, EVITANDO ASSIM O AVANÇO DA LESÃO. O OBJETIVO DO PRESENTE TRABALHO É AVALIAR O RISCO DE DRC EM PACIENTES IDOSOS ATENDIDOS EM UM LABORATÓRIO CLÍNICO PRIVADO EM CAMPINA GRANDE – PB, ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO DAS DOSAGENS BIOQUÍMICAS DOS MARCADORES RENAIS COMO UREIA CREATININA, TAXA DE FILTRAÇÃO GLOMERULAR (TFG). A METODOLOGIA UTILIZADA REFERE-SE A UM ESTUDO QUANTITATIVO, EXPLICATIVO, DE CORTE TRANSVERSAL REALIZADO NO HEMOCLIN, COM POPULAÇÃO ALVO PACIENTES ACIMA DE 60 ANOS QUE REALIZARAM DOSAGENS DE UREIA, CREATININA E TFG NO PERÍODO DE JANEIRO A MARÇO DE 2019. DENTRE OS 129 PACIENTES ANALISADOS, AS MULHERES APRESENTARAM UMA MAIOR INCIDÊNCIA COM VALORES ALTERADOS DE UREIA 51,21% (42), DENTRE A POPULAÇÃO TOTAL DO ESTUDO 45,73% (59) INDICOU HIPERUREMIA MODERADA INDICANDO UMA REDUÇÃO DA ELIMINAÇÃO RENAL OU AUMENTO DO CATABOLISMO PROTÉICO, COM ESTE DOIS FATORES ASSOCIADOS. 76 PACIENTES (58,91%) TIVERAM UMA PEQUENA DIMINUIÇÃO DA CAPACIDADE DE FILTRAÇÃO GLOMERULAR, SENDO ENTÃO UM ALERTA PARA MAIORES CUIDADOS, BEM COMO MONITORAMENTO DA FUNÇÃO RENAL.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.