Artigo Anais VI CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

Visualizações: 175
TABAGISMO E ALCOOLISMO NA VELHICE: AVALIAÇÃO DE FATORES COMPORTAMENTAIS ENTRE IDOSOS

Palavra-chaves: TABAGISMO, ALCOOLISMO, SAÚDE DO IDOSO, QUALIDADE DE VIDA Comunicação Oral (CO) AT 04: Envelhecimento Ativo e Bem Sucedido

Resumo

O ENVELHECIMENTO, ANTES CONSIDERADO UM FENÔMENO, HOJE FAZ PARTE DA REALIDADE DA MAIORIA DAS SOCIEDADES. O PROCESSO DE ENVELHECIMENTO VEM ACOMPANHADO DE UM CONJUNTO DE MUDANÇAS FISIOLÓGICAS, PSICOLÓGICAS E SOCIAIS. TENDO EM VISTA O GRANDE CUSTO DO USO DE ÁLCOOL E CIGARRO POR IDOSOS E A DESINFORMAÇÃO SOBRE A SAÚDE DO IDOSO, O OBJETIVO DESSE ESTUDO FOI CARACTERIZAR O ESTILO DE VIDA QUANTO AO TABAGISMO E ALCOOLISMO EM IDOSOS NO MUNICÍPIO DE CUITÉ – PB. TRATA-SE DE UMA INVESTIGAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA DO TIPO OBSERVACIONAL TRANSVERSAL COM ABORDAGEM QUANTITATIVA. O CENÁRIO DA PESQUISA FOI O MUNICÍPIO DE CUITÉ – PB, COM AMOSTRA COMPOSTA POR 318 IDOSOS. PARA A DA COLETA DE DADOS FOI UTILIZADO UM QUESTIONÁRIO SOCIODEMOGRÁFICO, COMPORTAMENTAL E CLÍNICO-TERAPÊUTICO. O PRESENTE ESTUDO FOI APROVADO PELO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ALCIDES CARNEIRO. AO ANALISAR OS DADOS E CONFRONTAR COM INFORMAÇÕES JÁ DISPOSTAS NA LITERATURA NOTOU-SE QUE O PÚBLICO MAIS ACOMETIDO É O MASCULINO, A OCORRÊNCIA NO CONSUMO DE ÁLCOOL FOI DE 11,9% E NO TABAGISMO FOI DE 15,5%. SOBRE A HISTÓRIA DE TABAGISMO ANTERIOR, 51,9% REFERIRAM QUE JÁ FORAM TABAGISTAS, E QUANTO À HISTÓRIA DE CONSUMO DE ÁLCOOL, 55% REFERIRAM NUNCA TER INGERIDO BEBIDAS ALCOÓLICAS. OS IDOSOS FAZEM PARTE DE UM GRUPO ONDE SÃO RECORRENTES OS PROBLEMAS DE SAÚDE ADVINDOS COM A IDADE, O QUE AUMENTA A SUSCEPTIBILIDADE ÀS DOENÇAS CRÔNICAS QUANDO SE EVIDENCIA O USO DA NICOTINA E DE ÁLCOOL, TORNA-O MAIS PROPENSO A INTERNAÇÕES E AGRAVAMENTO DE QUADROS PATOLÓGICOS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.